Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Feliz 2015!

E se vai mais um ano... 2014 foi desafiador.  Houve dias em que chorei.  Ah sim! Houve dias difíceis, situações embaraçosas; dias nebulosos... Minha esperança, fé e paciência foram colocadas à prova. Eu comparei minha vida a um barquinho sem leme a deriva no meio do mar... Mas, não, o ano de 2014 não se resume a esta triste introdução. Houve dias em que a esperança renasceu como o saltitar de uma criança. Eu sorri, pulei, dancei de alegria. Ganhei presentes maravilhosos de Deus e de seus ungidos. Fiz coisas novas. Experimentei novas emoções e sim, eu me alegrei. Vi Deus guiando o meu barquinho a uma direção por ele pré-determinada. Viajei, fui mentora, me aventurei na cozinha, ensinei a palavra de Deus, orei e vi minhas orações sendo respondidas. A família aumentou. O laço familiar se manteve firme. A saúde se abalou, mas não foi destruída. O sustento financeiro não faltou. A proteção divina não falhou. A fé foi preservada. Vi sonhos tornando realidade. Vi promessas se cumprindo. Vi milagres, eu o…

Boas Festas!

Zona de turbulência

Aprendi a orar desde muito pequena (tenho que rever esta frase). Meus pais me ensinaram a importância de falar com Deus desde a minha infância, e eu aprendi.  Sempre que íamos viajar, fazíamos uma oração a Deus apresentando a nossa viagem e clamávamos a ele por proteção. Quando chegávamos fazíamos uma oração de agradecimento. E ainda hoje é assim. Graças a Deus temos vivenciado muitos livramentos e podemos fazer coro com o profeta Samuel dizendo: Ebenézer – até aqui nos ajudou o Senhor! Quando comecei a viajar de avião, mudei um pouco a minha oração já que é um meio de transporte bem diferente do que estava acostumada. Não demorou muito perceber as vantagens destas viagens, principalmente para trajetos longos. Antes de entrar na aeronave faço minha oração e quando me assento percebo alguns passageiros fazendo o sinal da cruz. Há certa tensão “no ar” antes da decolagem e a mesma tensão volta antes do pouso. Graças a Deus todas as viagens que fiz até hoje foram tranquilas. Porém, nesta últ…

Passeio em Família

Floripa SC

Não sei explicar a sensação de ter o corpo coberto com a água do mar. Só a cabeça para fora... É relaxante natural. Sem comparação! Como são lindas as criações de Deus. Ele é criativo. É Inventivo. É maravilhoso Quanta beleza! Quantas cores e texturas. Quantos cheiros e sons.  Obrigada Jesus por criar todas estas belezas e me dar a oportunidade de delas desfrutar! Obrigada família. Foram muito agradáveis estes dias. Que Deus vos recompense em tudo!

Testando receitas II

Testando receitas I

Rolezinho Gourmet

Mercado Municipal de Curitiba

Rolezinho Gourmet

Glória de Deus

Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos.  Salmos 19:1

Gerador de energia

Sábado à noite aconteceu uma queda de energia em alguns pontos aqui da minha cidade devido à forte chuva.  É muito ruim ficar sem energia independente de onde se está. Neste caso, eu estava na igreja quando o blecaute aconteceu. Obviamente o fato de estarmos sem energia elétrica e consequentemente sem luz ou instrumentos não nos impediu de oferecer nosso culto a Deus. Lembrei-me de quando fiz um trabalho na escola. Eu cursava o ensino médio. Na ocasião entrevistei vários alunos para descobrir se eles sabiam o que significava a palavra blecaute ou blackout. A maioria não sabia do que se tratava. Passada esta minha recordação me veio à mente a importância de um gerador de emergência. Já imaginou um hospital sem um suporte deste? Seria trágico, não? Outros segmentos também dependem de um gerador para que se mantenha em funcionamento em caso de queda de energia. Fiquei pensando como isto funciona no ser humano? Não é em todo o tempo da nossa vida que temos “energia”. Há momentos que nos falta …

Verdade...

Ha ha ha o Snoopy tem razão!

Ah, o manjericão...

Algum tempo atrás pedi alguns ramos de manjericão a uma tia minha. Usei o necessário para minha receita e depois plantei o que sobrou. É bem verdade que o solo que tenho disponível em casa não é bom para cultivo. Porém, não faltam água e luz direta. Agora o meu manjericão não é mais um pequeno ramo. Quando olho para minha plantinha fico feliz com o que vejo.  O mais legal disto é que tenho manjericão fresco disponível a qualquer momento. Hoje por exemplo, quis comer bruschetta a la marguerita. Colhi manjericão, piquei o tomate, reguei o pão com azeite... Segui a receita e pronto! Ficou uma delícia. O frescor do produto faz muita diferença.


Eu sei que estou longe de ser profissional, mas não preciso ser “pobre de paladar”. Como é bom aproveitar o melhor sabor de um alimento. Se for possível ser fresco, por que não ser? Se for possível ser melhor, por que não ser? Se for possível ser requintado por que ser trivial? (Sem pretensão! He he he)

Agradecimento

Alguém me disse: “que bom que você ainda gosta de comemorar seu aniversário”. Sim, eu gosto. Ontem fui dormir com o coração muito alegre. Deus tem sido bom para mim. É bom poder olhar em volta e também para o interior e perceber o quanto Deus tem me amado e cuidado de todos os detalhes da minha vida. É bom perceber os propósitos dele se cumprindo dentro de um tempo que a Ele pertence. Minha família tem acompanhado toda a minha vida e sabe bem como são as expectativas para meu aniversário. Não pode ser um dia qualquer. Tem que ter alguma coisa especial, diferente e próprio. Obrigada a todos que puderam comemorar comigo um dia tão especial. Obrigada pela presença e presentes. Obrigada por cada e-mail, SMS e ligação. Vocês contribuíram com minha alegria e satisfação. Que Deus recompense a cada um com toda sorte de bênçãos.
Estou muito feliz!

32 anos

Eba!  Hoje é dia he he he.  Obrigada Jesus por mais um ano de vida!

O presente que ganhei

Ano passado eu escrevi um texto sobre as coisas que aprendi em 31 anos. Li recentemente aquele texto. Surpreendo-me com o quanto a vida nos ensina. Passamos por ela aprendendo coisas e no fim, o que aprendemos não é tudo.  Toda escolha tem uma consequência, todo erro uma oportunidade de aprendizado, toda conquista uma pedida de humildade e todo sonho uma pitada de loucura e ousadia. Quem é bom em dar desculpas não se ocupa em ser bom em outra coisa. O covarde sempre é o melhor jogador de ‘batata quente’ lançando para outro a responsabilidade de seus próprios atos. Pai e mãe sempre têm as palavras certas nas horas mais incertas.  A distância daqueles que amamos nos faz reconhecer o quanto o amor é ilimitado. O bom pode ser melhor. O pior pode piorar. Tudo depende de atitude, escolhas, decisão. Oportunidades se movem rapidamente e não permanecem para sempre. Só há duas coisas a fazer, ou se agarra ou deixa passar. Uma bagagem sempre é mais arrumada na ida do que na volta. Por mais que se façam …

Tragédia

"A maior tragédia da vida não é morrer. A tragédia da vida é viver sem propósito." Myles Munroe
Ouvi deste homem uma mensagem que impactou a minha vida. Li hoje de manhã que ele morreu num trágico acidente aéreo juntamente com sua esposa, filha e outros que estavam a bordo da aeronave. Fiquei impressionada. Que Deus conforte os familiares e amigos. Estou certa que ele viveu com PROPÓSITO. Aliás esta palavra está impregnada no meu coração desde o dia que ouvi aquela mensagem. (Pv 19:21). Que possamos viver a vida com propósito.  Que tenhamos disposição e inteireza de coração para viver os propósitos de Deus!

Fechado para balanço?

Quem nunca viu uma empresa fechada em pleno dia útil exibindo em suas portas um aviso com estas palavras: "fechado para balanço"? Não é incomum. Aliás, toda empresa que conduz seu negócio corretamente, em algum momento fará uma pausa para balanço. É preciso fazer um levantamento contábil para verificar a situação econômico-financeira da empresa. Só assim é possível seguir adiante, traçar metas e ampliar os negócios. Bem, na vida acontece coisa semelhante. No meu caso este “balanço” acontece quando meu aniversário se aproxima. É sempre assim, em novembro.  Na verdade eu começo a pensar neste balanço já em setembro. Questiono muito a mim mesma. Aprendi o valor das perguntas. E, como é difícil fazer as perguntas certas. Penso na vida, no que conquistei (e questiono se conquistei), no que perdi (e se de fato perdi) e finalmente no que quero alcançar. Às vezes as respostas não surgem facilmente, mas quando chega o dia do balanço tenho uma boa percepção da minha situação.  Descobri que…

Mafalda

(Clique na imagem para ampliar)
Mafalda... Sem comentários!

2 em 1

Estávamos eu e outras pessoas cozinhando quando alguém sugeriu acrescentarmos àquele momento uma ‘trilha sonora’. A sugestão foi aceita e o que estava bom ficou melhor. 
Cozinhar e ouvir música, duas coisas realmente muito boas...
Quando esta música começou a tocar eu me apaixonei. Que ideia maluca e completamente agradável! Misturar dois idiomas numa mesma letra foi genial.  Quer saber do que estou falando? Clique aqui e ouça!(Te Amo - Israel Houghton)

Domingo ao som de...

jazz!
Kirk Whalum... Dê-lhe um sax e curta o som!

Vivências

Lembro-me de ficar surpresa ao saber que um adulto tinha 30 ou mais anos de idade. Minha inocência de criança apontava uma realidade muito distante. Eu imaginava que uma pessoa que tinha aquela idade era muito velha.  E agora eu estou na casa dos 30... Quando um adulto dava um tapinha na minha cabeça e me perguntava o que queria ser quando crescesse, não fazia ideia do que aquilo significava. O tempo passou, escolhi minha profissão. Especializei-me. E agora sou eu uma das pessoas que replico a pergunta... Ficava “revoltada” quando ouvia um adulto dizer que me viu nascer. Não entendia o que aquelas palavras significavam, elas me soavam mal. Agora eu tenho falado isto por tantas vezes porque de fato muitas das crianças, que vi nascerem, são hoje maiores que eu... Não entendia a moral da frase: meu corpo tem tal idade, mas minha mente tem tal. Agora eu entendo! O tempo é um exímio professor. A experiência da vida é algo de muito valor.  Quando criança disse a muitos adultos: você não é meu pai e …

Dupla honra

Ontem a noite foi novamente muito especial para a AIDB Uberlândia, foi a apresentação dos bebes Marcos Paulo e João Pedro. Estas crianças são frutos de promessas de Deus na vida do diácono Lucas e sua esposa Sabrina.  Quando este casal anunciou na igreja que seriam pais eles moveram os céus com louvor a Deus. Foi uma noite muito especial. Havia uma alegria irradiante naquele lugar. Não me esquecerei de como foi comovente ouvir os novos papais cantando a música do André Valadão: “Meu milagre chegou”. Foi lindo e tão verdadeiro! A espera deles foi mais de 11 anos. Eu presenciei o quanto eles clamaram a Deus por filhos. Eles choraram, eles oraram, eles lutaram com o tempo... Nunca desistiram do sonho e da promessa. Eu presenciei o tempo passando e as promessas sendo provadas por ele. Eu os vi no altar, eu os vi recebendo orações e presenciei algumas vezes quando eles receberam palavras de Deus através de seus ungidos. Eu vi a alegria ao receber as palavras, a esperança na promessa sendo re…

O intento original

(*** Ganhe alguns minutos lendo esta postagem, certamente você será edificado com estas palavras!***)
"O Espírito de Deus me fez; e a inspiração do Todo-Poderoso me deu vida".Jó 33:4
Apaixonei-me por design há um bom tempo! Esta área do conhecimento não se refere apenas a desenho. Vai muito além... Trata-se de idealização, criação, projeto, concepção, desenvolvimento, especificação, intento e muito mais. As melhores propostas de design são aquelas onde se tem liberdade para criar, tempo para pensar e prototipar e nenhuma ou pouca limitação financeira para a execução. Não acontece a todo o momento, afinal somos cheios de limitações... Todo projeto de design, seja ele de caráter gráfico, industrial, moda ou interiores começa por um problema, uma necessidade específica.  Antes de qualquer criação, é necessário estudar os propósitos do projeto.  Qual o problema existente que demanda uma ação criativa? Para que se destina?  Como se pretende utilizar o produto? Quais os componentes nece…

Que barulho é este?

Algum tempo atrás ouvi alguém opinar sobre o aplauso. Atentei para o que dizia e desde então tenho “estudado” o assunto.  Há muito que observar. Aprendemos bater palmas desde muito cedo entre o sexto e oitavo mês de vida. (Minha sobrinha me deu a dica recentemente ao aprender bater palmas antes de completar sete meses). Quando isto acontece comemoramos com quê? Com palmas! É tão “fofo” e “meigo” ver um bebê fazendo isto.   Usamos este ato em muitas situações para demonstrar apoio, admiração, aprovação. Podemos fazer isto num aniversário, num desfile, num estádio, numa cerimônia de casamento ou inauguração de um empreendimento. Aplaudimos um palestrante, um político, um religioso ou qualquer pessoa eloquente. Podemos aplaudir até mesmo num surto de puro cinismo.   Muitas vezes juntamos ao aplauso o grito, o assovio ou o agitar da cabeça. Temos a capacidade para fazer muito ruído. Não há dúvidas.  Levando este assunto para dentro da igreja, aprendi que o povo apostólico é um povo barulhento…

Deus de Propósitos

"Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim. Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade". Isaías 46:9-10

Graças a Deus!

Os dias são desafiadores, as noites... Meu Deus!  Mas, a verdade deste verso do salmista permanece:  “o choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria”. Salmo 30:5 Foi assim que acordei na quinta-feira da semana passada...  A alegria me despertou! A provisão chegou! A certeza veio, Ele (o Senhor) me ouviu.  Ele recolheu o meu choro. Ele não ignorou meu clamor...  Ele ama, Ele cuida! Quanta alegria! O meu Deus cuida de mim, sempre!

14° Encontro Apostólico

Aconteceu na Estância Árvore da Vida o 14° Encontro Apostólico de Fogo e Santidade. Sou grata a Deus pela manifestação da sua presença em nosso meio e por usar seus instrumentos para nos trazer palavras de poder: bispos Jonathan e Adan Alvear, bispo Robert Lambeth (IAB), pr. Jefferson e pr. Ronaldo. Também foi muito agradável ter conosco o grupo de louvor da AIDB Curitiba e a visita do coral da IAB que foram uma benção. Que bom poder louvar ao Senhor com músicas e danças!

Certamente foi abençoado e edificado cada participante deste encontro que abriu seu coração e deixou Deus agir. É sempre muito bom poder rever cada irmão.
Deus seja sempre louvado, Ele é digno de todo o louvor!  Obrigada meu bom Deus por mais este encontro.

Leitura do mês: Aprenda como um líder

Uma coletânea de histórias de como grandes líderes aprenderam lições significativas na vida. Vale a leitura! É muito proveitoso aprender com histórias e esta é uma boa oportunidade de leitura.

Curiosidade e Insistência

Se você perguntar para qualquer pessoa da minha família quem de nós é o mais insistente, eles responderão em uníssono: a Daphnne. Eu acho que eles têm razão. Eu sou mesmo muito insistente, desde criança. Obviamente esta minha ‘qualidade’ já me deixou em situações complicadas, mas também já me fez experimentar coisas muito boas. Não bastasse ser insistente, sou também curiosa, assumida! Quando algo me chama a atenção sou capaz de dedicar tempo e estudo para aprender sobre o assunto. Alguns podem achar que insistência e curiosidade são péssimos defeitos. Eu interpreto como qualidades.   Há algum tempo fui fisgada pela gastronomia. Anote isto: Ainda serei uma chef.  (Que presunção!).  O que na verdade acontece é que gosto de comer, comer bem. Sabe do que estou falando? Gosto de ‘comer com os olhos’, ‘comer com a boca’... Sentir os sabores, as texturas, os cheiros...  Graças a Deus minha mãe sempre foi ótima cozinheira! Aprendi com ela muitas coisas boas na cozinha. Não me esqueço de quando ela …

Último chamado!

Estava segura que teria aproximadamente uma hora de espera até o próximo voo. Como sempre a sala de embarque estava cheia. Aproveitei o tempo livre para ir ao banheiro. Saindo de lá senti um cheiro delicioso ao passar por uma lanchonete. Mesmo sabendo dos altos preços das delícias ali expostas resolvi que faria um lanche, afinal, eu tinha um tempinho e estava com fome. Por via das dúvidas abri a bolsa e tirei meu cartão de embarque para conferir o código e horário de voo. Enquanto pensava no que comer, ouvi o anuncio pelo sistema de som do aeroporto. Era o último chamado para o embarque que estava sendo finalizado pelo portão 3. Certo, pensei, não é pra mim, ainda tenho um tempinho! Mas, para minha surpresa ouvi o código do voo e era o mesmo que acabara de ver no meu cartão de embarque e o destino, imaginem, era o mesmo. Aquele último chamado era para mim! Sai da fila imediatamente e corri para o portão 3. Lá estava o ônibus estacionado que nos levaria ao avião... Por pouco teriam anu…

Convicção

De volta

Depois de mais de 20 dias me despeço de Curitiba PR. O céu hoje estava maravilhoso e... Olhar para estas nuvens me faz querer brincar sobre elas. Maravilhosas! Meu papai do céu é muito criativo...
Obrigada Miriam e sobrinhos pela acolhida. Foi bom passar este tempo com vocês. Obrigada cunhado por ter se lembrado de mim em sua viagem. Obrigada meninas que participaram do curso Arriscando na Cozinha, espero que renda muitas ideias saborosas. (Obrigada Miriam por me emprestar sua cozinha). Obrigada aos irmãos e irmãs da AIDB Curitiba que sempre me recebem com carinho.
Até breve pessoal, se Deus quiser!

Como não amar?

Café-Escola Senac, Paço da Liberdade - Curitiba PR
Mais sobre isto (clique aqui)

Leitura

Mais uma visita de praxe em Curitiba, Livraria Top Livros. Desta vez encontrei um título que ha muito tempo queria encontrar: sobre Winston Churchill. 

Dia do Solteiro

Lembro-me quando li pela primeira vez a história detrás do ‘dia dos namorados’.    Geralmente as datas comemorativas surgem de um interesse em prestar homenagem a alguém ou alguma coisa e acaba se tornando uma alavanca comercial. Mas, no caso do dia dos namorados o interesse foi apenas comercial mesmo. No intervalo entre o dia das mães e pais, maio e agosto respectivamente, as vendas despencavam e não havia promoção capaz de ajudar a reverter a situação.   Alguém que acabara de voltar dos EUA alertou o sindicato de comerciantes e lojistas do Brasil que por lá havia um tal de “Valentine's day” e que talvez poderia dar certo aqui também.  Havia outra sugestão rolando nos bastidores, a de se homenagear as crianças criando um dia para isto. Porém, já havia alguma comemoração em referencia a elas no mês de outubro. Resultado? Todos nós sabemos. Dia 12 de junho é o dia dos namorados no Brasil. Então, ontem quando acessei a internet eu soube que hoje (dia 15 de agosto) seria o dia dos solteir…

Só uma palavra

Ah, o templo!

Concluí mais uma vez a leitura do livro de I Crônicas da Bíblia Sagrada na semana passada. Os últimos capítulos deste livro falam mais especificamente sobre o templo que ficou conhecido como o ‘templo de Salomão’. Coincidentemente, também na semana passada, a imprensa se ocupou em noticiar a inauguração do templo construído pela IURD em São Paulo. Apesar do imenso desejo de comentar minha leitura bíblica, as manchetes me fizeram desistir da ideia. Fiquei impactada pelo lado negativo. Que contraste! Felizmente ao ler a postagem do bispo Robert Lambeth, (clique aqui) recobrei o ânimo para postar o que vem ocupando meus pensamentos nos últimos dias. Os livros de I e II Crônicas reservam alguns detalhes interessantes da história bíblica que por alguma razão ficaram fora de I e II Samuel e I e II Reis, o que torna a leitura interessante e quebra as sequencias de textos repetitivos.  Chama-me a atenção a origem da história. O ‘templo de Salomão’ na verdade nasceu de um desejo profundo do coraç…

Há uma luz...

Gruta do Bacaetava – Colombo-PR ... no fim da gruta!

Isto é bom!

Fernando Pessoa

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis". Fernando Pessoa

Salmo 103

Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades, Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e de misericórdia, Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia. O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos. Fez conhecidos os seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel. Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade. Não reprovará perpetuamente, nem para sempre reterá a sua ira. Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniqüidades. Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem. Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões. Assim como um pai se compadece de se…

Leitura do mês: Faça alguma coisa!

Já li vários livros ao longo da vida. Lembro-me de ser uma frequentadora da biblioteca da escola primária e não perdi o costume no decorrer dos anos de estudo. Aprendi que nos livros descobrimos histórias maravilhosas. Algumas verídicas outras fictícias. Alguns livros não são tão bons outros nem sequer vale a leitura. Mas, de uma maneira geral, livro é fonte de conhecimento que vale a pena explorar. Comecei estabelecer metas de leituras há alguns anos atrás. No principio segui a risca o que havia proposto: um livro por mês. Houve anos em que consegui ler mais e outros que, bem... Não alcancei a meta. Dentro deste tempo adquiri livros que não foram lidos até o final e também alguns que li mais de duas vezes. E assim vou eu com minhas leituras. Neste mês procurei alguns livros da minha lista para comprar e acabei descobrindo que a maioria das livrarias não trabalha mais com estoque. A internet facilitou muita coisa. Você procura um livro na livraria e a resposta que se tem é: este livro es…

Ainda que...

Desafios...
Quem não os enfrenta? Talvez o maior desafio seja ter a hombridade para cantar a canção: “Te louvarei, não importam as circunstâncias, adorarei” É orar como Habacuque: “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação”. Habacuque 3:17-18 Ou como Jó: “Ainda que ele me mate, nele esperarei; contudo os meus caminhos defenderei diante dele”. Jó 13:15 Difícil... Mas, não impossível!  Abraão deu o exemplo. Creu contra a esperança (Rm 4:18)! Ele foi mais do que isto: não enfraqueceu na fé (Rm 4:19), foi fortalecido dando glória a Deus (Rm 4:20). Desafios... Eles sempre existirão. Porém, eles não podem abafar as letras da canção: “Te louvarei, não importam as circunstâncias, adorarei”  Eu quero permanecer cantando como Habacuque, Jó ou Abraão, porqu…