segunda-feira, 20 de abril de 2009

Barro na mão do Oleiro


Caro amigo e leitor, que bom que Deus nos tem dado vida e a oportunidade de vivê-la em sua presença.
Neste fim de semana que passou pude meditar a respeito de algumas passagens bíblicas que faz referência a vasos de barro.
Uma dessas passagens se encontra em Jeremias no cap. 18 onde Deus mandou Jeremias descer à casa do oleiro e observar o seu trabalho.
O vaso que o oleiro fazia se quebrou e para admiração de Jeremias o oleiro começou a trabalhar o mesmo barro e fez um novo vaso como bem lhe pareceu fazer.
O que Deus disse a Jeremias após essa observação foi que ele poderia fazer de Israel como o Oleiro fez, tornar a edificar essa nação, restaurar.
Deus comparou Israel como o barro e a si mesmo como oleiro.
Em outras passagens como em Isaías, Romanos e Timóteo há uma pergunta: Acaso pode a criatura questionar seu criador? Ou... Tem o barro domínio sobre o oleiro?
Segui minha reflexão trazendo a memória os questionamentos que fazemos.
Perguntamos porque nos sobrevém algumas aflições ou porque algumas “tragédias” acontecem conosco e não com outros...
Acontece que em muitas vezes também questionamos se estamos servindo para alguma coisa ou se ainda há esperança para nós.
Não temos o domínio de nossas vidas, somos barro!
Mas, podemos nos alegrar pelo fato de estarmos nas mãos do oleiro Jesus.
Entregue-me barro nas mãos... o que farei? Talvez corra o mais rápido possível para jogá-lo fora e lavar as mãos.
Ao contrário disso, entregue barro nas mãos de um oleiro e veja que bela obra ele é capaz de fazer!
“...como barro na mão do oleiro, assim sóis vós na minha mão, ò casa de Israel” Jeremias 18:6
Vamos descer á olaria de Deus e deixar que ele nos molde como bem lhe parecer.
Ainda que venhamos a nos quebrar ou sofrer algumas trincas ele jamais desistirá de nós. Ele é capaz de pegar o vaso quebrado e torná-lo um novo vaso.
Tenha uma boa semana!