sexta-feira, 22 de julho de 2011

Moldado Por Deus - Leitura do Mês (Julho)

É comum encontrar em jornais e revistas uma seção destinada a livros. Geralmente ali aparece uma lista com os dez mais vendidos da semana, mês e ano.
Não muito raro os livros em destaque apresentam outras fontes em que também conseguiram uma boa classificação como o famoso jornal New York Times.
E assim tomamos conhecimento dos nomes de pessoas que alcançaram sucesso no mundo editorial ou que simplesmente se cercaram de excelentes campanhas publicitárias.
Mas enfim, sempre desejei saber mais sobre os autores; como foi o início de suas carreiras, como eram seus textos, quem foram suas inspirações e quais foram seus aprendizados que os tornaram bons?
Tive uma resposta para essa minha curiosidade no início dessa semana.
Num de meus passeios habituais em uma livraria me deparei com um título interessante de autor conhecido. Na contracapa um convite irrecusável para a leitura. Comprei!

[Minha leitura do mês: Moldado por Deus do autor... (continue lendo)]
A surpresa veio logo no prefácio onde o autor explica que aquele foi o primeiro livro que escreveu. Também aproveita para contar sobre o início de sua carreira. Identifiquei-me com sua história e me animei.
Seu começo foi escrevendo artigos para um informativo. Quando ele veio para o Brasil enviado por sua igreja como missionário, encontrou tempo para rever seus textos e juntá-los num livro. Contatou várias editoras e obteve muitas recusas até encontrar uma disposta a aceitar o desafio. Ele admite que o livro encontra-se tal como ele escreveu na primeira edição. Sem polimentos. É impressionante constatar essa verdade.
Não é preciso dizer que foi rapidamente reconhecido como um bom escritor, mas quem poderia dizer que ele se tornaria Max Lucado um ótimo escritor e um exímio contador de histórias?
Hoje Max Lucado é reconhecido como um pastor evangélico e escritor que já publicou mais de setenta livros. Já vendeu mais de 70 milhões de exemplares em mais de vinte e oito idiomas em todo o mundo. Mas onde tudo começou? Escrevendo. Um texto ali e outro aqui e sendo Moldado Por Deus para desenvolver um grande propósito.
Não é possível chegar ao topo sem antes estar ao pé da montanha. Assim como não é possível subir uma escada pulando os primeiros degraus. Então...
Podemos começar a realizar o nosso sonho hoje tomando iniciativa seja ele escrever um livro ou qualquer outro. É preciso começar!

Tenha um bom fim de semana.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Entender ou Obedecer?

Estive pensando...
Qual dentre estas dádivas é a maior? Entender ou obedecer?
Quando eu olho para a história de Abraão e Isaque me pego fazendo essa pergunta.
Abraão foi considerado amigo de Deus. Sua história é fantástica. Escolhido para ser pai na velhice, e pai de nações. Saiu de sua terra sem um destino determinado.
Lutou contra a sua esperança, crendo e em tudo deu glórias a Deus!
Ele entendeu tudo que lhe foi proposto? Não.
Prova disso foi Ismael.
Mas, a história não se deteve aí.
Que dizer de Isaque? O que ele entendia da trajetória de seu pai? Tudo?
Acredito que não.
Isso fica claro no caminho rumo ao monte Moriá.
Faltava entendimento de muitas coisas ou melhor dizendo, havia muitas perguntas internas não expressas. Perguntas sem respostas.
Entende isso?
Mas, ambos, são exemplos de obediência. Por causa disso receberam provisões maravilhosas de Deus. Mesmo sem entender!
Poderíamos inserir nesse contexto outros personagens como Jó, Jeremias, Paulo...
Todos eles tiveram questões importantes permeando suas mentes.
Não entenderam todas as situações que lhes sobreveio. Basta contar os pontos de interrogações...
Mas... Todos foram obedientes a Deus.
Tudo isso me leva a uma resposta. Melhor dádiva é obedecer do que entender.
E o que é melhor, assim como Deus propôs a Abraão uma prova que ele não pôde entender e depois lhe providenciou um escape, nós também podemos esperar que Ele nos dará uma saída. Mesmo sem responder às nossas questões.
Ele precisa explicar o seu agir? Ele explicou para Jó?
Que Deus nos capacite com a boa dádiva da obediência!

Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar”.  1 Coríntios 10:13

terça-feira, 19 de julho de 2011

domingo, 17 de julho de 2011

Parabéns Mamãe!!


 17 / Julho - Felicidades sempre!!
(Obrigada a todos irmãos e irmãs 
d' A Igreja de Deus no Brasil 
por prestarem homenagem à minha mãe, valeu!)