Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 8, 2015

33 anos e muita gratidão

Eu não sei como dizer. Só quero agradecer!
Agradecer a Deus por me presentear com um ano mais.
Agradecer a minha família pelo amor e companheirismo.
Agradecer aos parentes e amigos que estão por perto.
Agradecer pela vida, pela saúde, pelas realizações...
Agradecer pelos desafios que me instigam a crescer, a melhorar.
Agradecer pelas conquistas que tanto me incentivam
Pelas novidades, pelas coisas do dia a dia, que mesmo não sendo novidade me fazem bem...
Só quero agradecer e agradecer!
Chegou os 33 e sigo feliz. Deus é bom o tempo todo!

O que Deus sente?

A primeira preocupação de uma equipe médica ao atender um paciente, vítima de traumas graves, é a estabilização dos sinais vitais. Após a estabilização, a segunda medida importante é analisar o grau do trauma sofrido. Para isso um passo importante é saber como está a sensibilidade do paciente. O paciente sente dor? Consegue perceber quando é tocado? Consegue mover mãos, pés, braços e pernas? É um bom sinal se consegue sentir, se não, a equipe médica precisa agir mais rápido porque algo sério aconteceu. (Não é necessário ser um médico para saber estas informações, basta um pouco de observação). Sensibilidade é algo muito importante para o ser humano. É sinal de que os sentidos estão bem; a visão, o olfato, o paladar, a audição e o tato. A sensibilidade vai além desses cinco sentidos. Ela permite experimentar sensações físicas; perceber algo que se passa em seu próprio corpo como calor e dor; ela permite sofrer a ação, a força, a influência ou a intensidade de alguma coisa. Portanto não …