sexta-feira, 25 de março de 2011

Em Algum Momento!

Tenho escutado nos últimos dez anos a expressão: “espera!”

Também tenho falado com muitas outras pessoas sobre esperar.
Interessante essa inquietação.
Recentemente presenciei um acontecimento que substitui o maior letreiro de neon com a escrita: “Aconteceu!”
E aquilo me fez aquietar na minha espera.
Realmente... O que eu espero vai acontecer.
O tempo? Ah! Difícil, mas tem uma coisa, ele não pode frustrar os planos de Deus. E isso basta!
Minha situação agora: Esperando!
E você? Tem esperado por quanto tempo?

segunda-feira, 21 de março de 2011

O Deus Inspirado

Caro leitor, é bom ter a sua companhia.
Quero agradecer todos os comentários que tenho recebido no blog, todas as manifestações de carinho e apreciação dos meus textos.
Cada dia fico mais admirada com a quantidade de visitas recebidas especificamente para a postagem “Falando Sobre Lagar”.
São acessos de todas as partes do país e fora do país.
Alegro-me com a inspiração que Deus me deu nessa ocasião (especificamente) e de ter seguido o intento do coração para postá-la aqui de maneira que muitos podem ser ajudados também.
Por falar em inspiração...
Estive procurando por um verso da bíblia por longos dias. Recorri às chaves-bíblicas e concordâncias tentando encontrá-lo. Finalmente encontrei e quero compartilhar com você.
Está no livro de Jó, cap. 33 verso 4 e diz: “O Espírito de Deus me fez; e a inspiração do Todo-Poderoso me deu vida.”
(Minha irmã gosta muito desse verso)
Interessante as definições da palavra.
Segundo o dicionário Michaelis inspiração é: (entre outros)
- Sugestão de origem transcendente ou psíquica, ou de qualquer objeto que tem virtude genética sobre o artista para o excitar à produção e lha orientar.
- A marca do gênio ou do talento na obra do artista.
Bom, eu já disse em outra postagem.
Nós não somos frutos do acaso ou de erro de prevenção conceptiva. Não!
Somos resultado da inspiração Divina.
Parece simplório?
Prefiro acreditar que Deus em sua onisciência e onipotência resolveu criar-me. Ele pensou em mim. (antes de qualquer intenção dos meus pais). Ele estabeleceu um propósito para minha vida (não é assim o processo de criação?). Por fim, depois de estabelecer um objetivo para minha existência... (me mandou para a linha de produção kkkk).
Deus mandou Jeremias na casa do oleiro para observá-lo no seu trabalho. O vaso que o oleiro fazia se quebrou. Imediatamente ele pegou o barro e deu-lhe uma nova forma. E o vaso foi formado.
Onde estava o valor daquele vaso? No barro? Não! O barro era a matéria bruta. O valor estava no trabalho do oleiro.
Assim somos nós. Só temos um imenso valor por causa do nosso criador, que na sua inspiração soprou sobre nós a vida.
Isso não é maravilhoso?
Espero que esta semana seja muito especial. Que você ao olhar no espelho veja a inspiração de Deus em vida!
Fiquem todos com Deus!