sábado, 14 de fevereiro de 2009

Evidente prova de amor

Estava relendo a história de Rute e tentando compreender sua renuncia ao deixar para trás sua terra natal para acompanhar sua sogra.
Rute estava viúva. Noemi não tinha mais um esposo para que pudesse gerar um outro filho e ainda que tivesse, quanto tempo seria necessário para que ele se tornasse um resgatador?
Sabe, com nossa cultura e vida social é muito difícil entender os costumes e tradições antigas, mas, se nos esforçarmos entenderemos o quanto Rute amou incondicionalmente.
Ela conheceu sua sogra Noemi e nela encontrou grandes virtudes. Conheceu o Deus dessa família e encontrou nele esperança de vida. Ouviu as histórias de Belém e se apaixonou por essa terra estranha.
Fico aqui pensando como deve ter sido triste ver seu sogro partir e depois seu cunhado e esposo. Porém Rute ainda via esperança em sua sogra Noemi. Essa mulher não estava interessada em seguir sua sogra para obter um resgatador, não. Seu amor superava essa necessidade. Havia uma comunhão verdadeira nessa amizade, algo que Rute não encontrou em sua terra natal ao ponto que quando soube que sua sogra retornaria a Belém ela também soube o que deveria fazer. Era o momento de conhecer a cidade estrangeira que já havia tomado seu coração. Ela dispôs a se tornar uma belemita assim como já havia se disposto em ser serva do Deus altíssimo.
Chegando em Belém ambas foram logo uma atração. Quem era aquela que acompanhava a Noemi? Como ela se parecia com Noemi, sua expressão era como que de quem conhecia o Deus todo poderoso! Ela era virtuosa. Como poderia ser assim se era moabita? Simples, uma moabita, porém convertida.
Essa história termina com Rute casada com Boaz (um resgatador), um filho fruto desse relacionamento Obede, herdeiro para Noemi. Uma família lembrada pelo nascimento desse herdeiro e a evidente prova de amor.
Rute é tão honrada que o seu nome entrou para a genealogia de Jesus.
Lembramos com muito mais facilidade do rei Davi e nos esquecemos com muita freqüência de sua descendência. Davi nasceu porque a família de Noemi continuou e isso só aconteceu por causa do amor de Rute que tendo acompanhado sua sogra conheceu a Boaz e por causa dessa união veio Obede, que gerou a Jessé que gerou a Davi. E da descendência de Davi veio o messias.
Lemos, ouvimos e retemos as informações mais importantes da história. Porém, nas entrelinhas das histórias podemos absorver lições de fé e esperança.
Vale muito o tempo que você dedica em ler e ouvir a palavra de Deus. Conhecendo suas palavras pode conhecê-lo melhor. Não é perca de tempo. É lucro!
E você ainda perde tempo quebrando a cabeça e se perguntando: como? Se você ler a bíblia garanto que encontrará a resposta. Faça um teste. Boa leitura e comunhão com Deus!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

É necessário Planejar

Mês passado estive por alguns dias em São Paulo (se acompanha o blog vai se lembrar das postagens referentes a esta viagem). Dentre meus compromissos estava uma cerimônia do culto de ação de graça pela formatura de três amigas em Vila Bonilha.
Nesta cerimônia pude narrar a história de sonho e realização dessas três amigas e hoje pela manhã me lembrei de algo que narrei naquela ocasião.
Minha amiga Regina que se formou em Administração relatava como seu interesse pelo assunto já se mostrava evidente na sua infância. Ela conta que quanto tinha seis anos acompanhava sua mãe quando esta saia para vender. Aproximando seu aniversário de 7 anos ela pediu uma festa e sua mãe lhe garantiu que se as vendas aumentasse significativamente naquele mês ela teria o que desejava. Logo começou a planejar e traçar metas de vendas para que sua mãe pudesse vender muito mais do que vendia. Fez “contas”, “colocou no papel” como queria a festa e planejou tudo. Você acha necessário que eu diga o quanto deu certo?
Impressionei-me com a história e hoje estava me lembrando pela manhã e eis o motivo de relatar para você.
Pense um pouco. Alguma vez você já viu o tempo passar e seus planos pensados não acontecerem?
Será porque isso nos acontece?
Sabe o que penso? Muitas vezes não conseguimos realizar o que desejamos não é nem por falta de fé e confiança em Deus mas, porque não colocamos no papel um planejamento; metas.
Quando colocamos no papel nossos planos eles se amadurecem e tornam-se mais claros. Dessa maneira podemos ampliar a nossa visão daquilo que estamos desejando e traçar os meios para chegar a realização.
Seria como um “briefing” (um conjunto de informações passadas em uma reunião para o desenvolvimento de um trabalho, sendo muito utilizadas em Administração, Relações Públicas, Design e na Publicidade. O briefing deve criar um roteiro de ação para criar a solução que o cliente procura, é como mapear o problema, e com estas pistas, ter idéias para criar soluções).
E porque não tentar e começar hoje?
Você tem planos? Certo, canetas e papel? Tudo bem que seja com recursos do Word mas o que é realmente importante é que expresse esses planos e tendo uma visão melhor daquilo que pensa você e eu teremos melhores resultados.
Nunca se esqueça: O coração do homem propõe o seu caminho; mas o Senhor lhe dirige os passos. Pv 16:9.