Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 8, 2013

Reflexão

Ontem quando me deitei para dormir, ok já era hoje, fiquei pensando em José. 
Meu Deus do céu, eu não consigo entender como este homem conseguiu vencer os desafios da vida.
Já escrevi, preguei e palestrei sobre ele muitas vezes. Eu imagino como foi, mas, e na prática? Como foi viver tudo aquilo?
Primeiro ser lançado no poço por seus irmãos. Como ver os de seu sangue lhe tratar com total desprezo e frieza? Como ver diante de seus olhos a sede por sua morte?
Depois ser vendido como escravo. Ser levado para uma terra estranha...
O que me surpreende é que por onde José passava, em meio a sua tribulação, prosperava em tudo que realizava.
O Senhor era com ele, ok! Isto é o suficiente para compreender sua prosperidade. É verdade, mas...
Eu penso comigo, como pode alguém ser próspero vivendo em dias de aflição? Como? Como José conseguiu manter seu coração em paz e se dispor a realizar TUDO dando o seu melhor?
A aflição e até mesmo a esperança demorada (Pv 13:12) entristece o coração. 
O poço, a escrav…

Obrigada Senhor!

Minha cabeça permanece no travesseiro.  Os raios do sol já entram pelas frestas da janela.  As sombras da noite já passaram e já as misericórdias do Senhor se renovaram. Respiro fundo, sorrio e agradeço a Ele. Levanto-me e estou pronta para viver mais um dia debaixo de sua graça e misericórdia.
“Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade!”  Lm 3:22-23