sábado, 23 de novembro de 2013

“Selfie”, "Braggie" e a minha preferida: Esperança!

A internet e consequentemente as redes sociais possibilitaram o surgimento de fenômenos nunca antes vistos, como mudanças de comportamento e personalidade, aceleração das informações, compartilhamentos de dados, o surgimento de novos hábitos e palavras.
Há 4 dias atrás uma palavra foi eleita pelo dicionário Oxford como a palavra do ano. “Selfie” a palavra de origem inglesa significa: uma fotografia feita por uma pessoa por ela mesma que por costume é publicada em rede social online.
Este tipo de fotografia se alastrou tanto que virou até música. (Apesar de que música no Brasil ultimamente não se pode ter em relevância - salvo as exceções – há muita coisa ruim sendo gravada – outra consequência da internet). Enfim, são muitas as publicações das chamadas selfie, os autorretratos que de deixa também exibem o aparelho usado para fotografar.
Por incrível que pareça o reinado desta palavra já ruiu. Isto porque outra palavra já começa a ultrapassá-la. 
Agora a moda é a prática do "braggie". O que significa postar uma foto na rede social com o único objetivo de causar inveja nos ‘amigos’ e seguidores. 
A pesquisa que estudou o fenômeno foi realizada no Reino Unido, mas os resultados apontados são globais. Basta acessar as redes sociais para perceber nestas fotografias suas verdadeiras intenções. (Eu sei que corro o risco de generalizar e ser injusta com esta afirmação). 
Porém, cada vez mais é possível perceber a fragilidade humana na tentativa de chamar a atenção, de exibir uma aparência, de exigir uma amizade, de forçar uma aceitação...
Seria a internet a grande vilã nos últimos tempos? Estaria esta ferramenta influenciando negativamente nossa sociedade? Ou será que ela apenas ressalta nossas fraquezas e com rapidez as propaga pelo mundo? Seria possível filtra-la e reter dela apenas o que é bom? 
Quais outras palavras surgirão nos próximos meses? Algumas delas exaltarão o bom caráter? Algumas delas exaltarão soluções humanitárias? Algumas delas exaltarão a amizade verdadeira? Algumas delas exaltarão o viver bem?
Bom, apesar de todas as perguntas uma palavra permanece a mesma e com o mesmo potencial... Esperança! Dizem por aí que ela é a última que morre... Então, prefiro me atentar para esta palavra. 

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Passou e foi muito bom!

Hoje pela manhã corri os olhos no calendário em cima da minha mesa e me assustei. Estamos a menos de 45 dias para o ano novo. Uau! De novo passou rápido demais.
Semana passada foi muito especial para mim e para a igreja AIDB Uberlândia.
Para mim porque completei mais um ano de vida, meu livro completou 2 anos desde o lançamento e mais um ano se passou em que permaneço na presença de Deus por sua graça e misericórdia. Deus é bom!
A AIDB de Uberlândia completou 34 anos na cidade. Desde a terça-feira estivemos envolvidos neste evento que foi marcado pela presença manifesta de Deus.
Terça-feira foi a vez da AIDB Catalão iniciar as atividades. O Pr. Adan Gabriel pregou lá. Na quarta-feira o pr. Gerson Alvear pregou na igreja sede, ele falou sobre a importância de ser fiel. Quinta-feira o Rev. Dennis Morris pregou uma mensagem poderosa no bairro Morumbi, o tema da mensagem foi: Há um lugar em Deus para mim.
Na sexta-feira iniciou o congresso e encontro nacional de jovens. Muitos irmãos já estavam conosco no culto pela manhã. Obrigada a todos pelo esforço e empenho em vir. Deus vos recompense!
No primeiro culto a mensagem ficou por conta do presbitério José Antônio. Ele reforçou o tema do congresso: “Estes que têm alvoroçado o mundo, chegaram também aqui;” Atos 17:6. Houve um grande mover de Deus em nosso meio. Graças a Ele por suas muitas misericórdias. 
Grandes mensagens anunciadas à AIDB presente neste evento:
Falando um pouco sobre os remanescentes (Bispo Adan) 
Construa algo bom e durável (Rev. Dennis Morris)
A última chance (Rev. Dennis Morris)
Você não está engessado (Pr. Ednaldo)
Faça tudo que Jesus mandar (Rev. Dennis Morris)
Graças a Deus por tudo! 
Houve um grande mover de Deus, batismos com o Espírito Santo, renovo e muita alegria. Obrigada aos irmãos de Uberlândia que trabalharam muito para que este evento fosse realizado da melhor forma possível. Obrigada a todos os irmãos que saíram de suas cidades para estar conosco. Creio que Deus tocou cada um de uma forma especial. Deus seja louvado! Obrigada rev. Dennis Morris, bispo Adan Alvear, Presbítero José Antônio, Pr. Gerson Luis Alvear Stoll, Pr. Adan Gabriel e Pr. Ednaldo (IAB) por todas as mensagens. Vocês foram instrumentos de Deus para a edificação da igreja. 
Que o Senhor nosso Deus vos recompense!