sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Good Weekend!


Tenham todos um Bom Fim de Semana!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Pensamento

"Errar é humano... mas quando a borracha se desgasta antes do lápis, você está exagerando." Jerry Jenkins

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Encontros Necessários

Conhecemos a história de um homem que lutou com Deus e venceu. Seu nome é Jacó e sua trajetória de vida revela grandes verdades.

Gostaria de compartilhar com você algumas palavras a esse respeito.

- Jacó teve que ter um encontro consigo mesmo.

No livro de Gênesis cap. 32 a partir do verso 7 “vemos” Jacó angustiado “digerindo” as notícias que chegaram a ele a respeito de seu irmão Esaú. Seu irmão estava ao seu encontro não com uma bandeira de paz, mas com sede de vingança. A bíblia nos mostra a reação de Jacó e sua oração. Ele começou a confessar a Deus a sua situação. Foi um momento de olhar para dentro de si e trazer à tona toda a verdade oculta no seu coração. Ele estava com sua família, seus bens e sua auto-estima em ordem, mas quando olhou para dentro de si, quando encontrou-se consigo mesmo houve um choque. Ele estava com grande temor e se achava indigno.

- Jacó teve que ter um encontro com Deus.

Naquele momento Jacó sabia o que precisava ser feito. Dividiu sua família e gado em dois bandos, se despediu deles e ficou só. Aquele era o momento que ele precisava ter com Deus, distante de toda distração, distante de qualquer influência exterior. Agora era Jacó e Deus.

Ali ele teve seu nome mudado, recebeu a benção de Deus e foi tocado. Nunca mais ele foi o mesmo nem no corpo nem na alma. Não importava manquejar de uma coxa, importava ter sua vida mudada por Deus, e isso ele alcançou.

- Jacó teve que ter um encontro com o inesperado.

Depois de lutar com o anjo, Jacó não sabia o que ia encontrar pela frente, mas uma coisa era certa, agora ele tinha paz com Deus e estava preparado para seguir avante. Sua caminhada foi andando e se prostrando em terra até encontrar-se com seu irmão. Estava à frente dele aquele que por ele fora enganado. Era um confronto. Era o momento do tudo ou nada. Antes do encontro com Deus havia temor em seu coração, mas depois houve paz. Seus olhos encontram os olhos de Esaú e o inesperado aconteceu. Seu irmão começou a correr em sua direção, eles se abraçaram e se beijaram e toda a desavença e intrigas cairam por terra.

Sabe o que eu aprendo aqui?

Em nossa vida precisamos de alguns encontros.

Primeiro precisamos encontrar com nosso "eu". Olhar para dentro de nós e trazer à tona o que está oculto em nós. Depois disso precisamos nos encontrar com Deus e apresentar a ele essas verdades que encontramos em nossos corações, alma e mente. Certamente nada continuará igual depois de um encontro genuíno com o Senhor nosso Deus e aí estaremos prontos para o encontro com o inesperado.

Tenha uma boa semana de reflexão!