sábado, 2 de abril de 2011

Peixes Exigentes

Num 'Pesque e Pague' no Paraná

sexta-feira, 1 de abril de 2011

segunda-feira, 28 de março de 2011

Mas Onde Se Achará A Sabedoria?

Às vezes é difícil expressar nossos pensamentos de maneira clara. Mas, por que não tentar?
Muitos são os personagens bíblicos que nos ensinam lições preciosas.
Alguns são mais conhecidos outros nem mesmo seus nomes são revelados. Porém todos eles têm em comum a capacidade de nos fazer compreender suas lições; boas ou ruins.
Uma dessas personagens tem marcado minhas reflexões nesses últimos dias.
Ela morava em uma cidade conhecida pela sabedoria de seu povo – Abel de Bete-Maaca.
Por que sua história foi registrada na bíblia? Quem pode saber?
O fato é que esta mulher sábia, na sua sabedoria impediu que toda a sua cidade fosse destruída por causa de um homem que se rebelara contra o rei.
Seba foi o homem que incitou a rebelião. Ele se posicionou contrário a autoridade de Davi e atraiu para si uma peleja. Um exército inteiro estava agora contra Seba. Fugitivo ele entrou na cidade de Abel. O exército de Davi cercou a cidade e começou a bater contra seu muro para derrubá-lo.
Essa tal mulher, que não tem seu nome revelado, compreendeu o perigo que sua cidade estava enfrentando. O muro de sua cidade corria o perigo de ir ao chão e uma vez que a cidade tivesse seus muros derrubados toda segurança estaria dissipada. A invasão do exército traria morte para inocentes e destruição dos seus bens.
Existem dois aspectos para analisar os muros de uma edificação.
O primeiro aspecto é de barreira e está relacionado com o lado externo.
O segundo aspecto é de proteção e está relacionado com o lado interno.
Basta olharmos para nossas casas. Quando construímos um muro temos a intenção de nos protegermos e todos nossos bens e ao mesmo tempo criamos uma barreira para impedir que um ladrão tenha acessibilidade à área interna de nossas casas. Simples assim.
Imagine a invasão de um exército exaltado naquela cidade! Aquela mulher imaginou e imediatamente se posicionou nos muros da cidade. Pediu a presença de Joabe (chefe do exército de Davi) e se prontificou a resolver o problema. Era um homem só que ele queria? Um rebelde estava colocando sua cidade em perigo? Ela tinha uma solução.
Enquanto o exército esperava para ver o que aquela mulher faria, a cidade procurava por Seba. Encontrado o rebelde foi decapitado. Sua cabeça lançada para fora da cidade. A segurança imperou de novo em Abel e tudo se resolveu.
A razão disso foi que a sabedoria estava do lado externo do muro; lado onde a segurança e proteção estão. Havia um muro de salvação em Abel.
Jó fez uma pergunta interessante: Mas onde se achará a sabedoria? Ele mesmo responde ao final de suas questões: O temor do Senhor é sabedoria.
Nós precisamos entender que existe um muro de proteção ao nosso redor. O que não significa barreira, algo que nos impede de “curtir a vida a doidado”, não! Esse muro é um muro de salvação. Quando nos posicionamos do lado de dentro e temos o temor do Senhor, que é sabedoria, logo entendemos a segurança e a proteção que este muro nos proporciona.
Não permitamos que nada e ninguém tentem derrubar esses muros. Se algum espírito de rebeldia vier se infiltrar em nosso meio, devemos ser sábios o suficiente para o lançarmos fora de nossas vidas. E certamente seguiremos seguros até o dia em que Cristo se tornar (ele mesmo) o nosso muro de salvação como está escrito no livro profético de Isaias.