quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Titia de III Viagem

Nasceu hoje o pequeno Samuel Baltazar.
A família toda está em festa! É um presentinho de Deus para nós...
Bem vindo Muquinha!!
Terminei a leitura do último livro programado para este ano.

Ponha Ordem no Seu Mundo Interior - Gordon MacDonald

Esse foi um livro indicado pelo bispo John Lambeth para meu irmão e para seus alunos na Escola de Profetas.

O autor faz uma exposição de idéias e sugestões para quem deseja ter uma vida com mais qualidade e um trabalho mais proveitoso na medida em que gerencia melhor a saúde, o tempo, a vida familiar e espiritual.

É uma boa dica para fim e inicio de ano.

Blocos de Notas

Acabo de ter a certeza de que é possível ter muito mais coisa em comum entre pessoas do que se possa imaginar.

Terminei ontem a leitura do ultimo livro do ano e mais uma vez notei, e em um autor diferente, uma característica em comum - uso de blocos de anotações.

É também uma característica de pessoas que gostam de ler, escrever e comunicar seus pensamentos.

Já faz muito tempo que tenho entendido a vantagem de se ter um bloco de anotações.

Os blocos sempre à mão possibilitam o registro de idéias, temas, citações e outras informações rápidas que podem surgir de uma conversa, uma observação durante um passeio, uma palestra e de tantas outras situações.

A partir do registro dessas informações rápidas é possível desenvolver melhor, assuntos de importância para argumentações, palestras, projetos e textos.

Portanto caro leitor fica a dica: Faça uso de blocos de anotações. Isso é um bom negócio.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Boas Festas!

Algumas

palavras recebem destaque

nesse mês e são fundamentais para as

felicitações e cumprimentos de fim de ano.

Porém, faço uso dessas palavras, pois, nelas

estão meus sinceros sentimentos para com todos.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Pequeno Barco

Lembrei me dos meus tempos de criança quando na escola dominical cantávamos canções de uma maneira inteiramente despretensiosa.

Aprendíamos facilmente as letras e nos deleitávamos nas melodias, repetindo muitas vezes aqueles versos no embalo do corpo.

Cada musica aprendida era ensinamento gravado na mente e no coração.

A palavra de Deus instrui que os pais devem ensinar as crianças o caminho a que deve andar e certamente uma forma eficaz para o ensino é a música.

Cada vez que me recordo dos métodos dos meus pais para o ensino agradeço a Deus porque eles foram (e são) sábios o suficiente para entender que a música, a história, a brincadeira e a correção entrelaçadas ao amor e cuidado por mim e por meus irmãos eram (e ainda são) métodos eficazes para o aprendizado.

O tempo passa, a criança cresce e aquela despretensão não persiste.

A inclinação para o erro, as pressões exteriores, a falta de maturidade e a insegurança na fé colocam à prova o ensinamento que recebemos.

Alegro-me em saber que meus mentores foram fieis ao dever em me ensinar o caminho e surpreendentemente percebo o quanto guardei das músicas que aprendi, das histórias que ouvi e das minhas próprias experiências que tive com Deus.

Uma destas músicas tem a seguinte letra: “meu barco é pequeno, tão grande é o mar, Jesus segura minha mão. Ele é meu piloto e tudo vai bem na cidade de Jerusalém.”

Que bela promessa!

Enquanto sinto-me como um navegante inexperiente num barco pequeno à deriva no grande mar, posso me lembrar que tem um “piloto” comigo, ele é Jesus e segura a minha mão.

Posso não estar em Jerusalém, nem ao menos conheço essa preciosa cidade, mas seguramente o mesmo Deus que fez tantos sinais e maravilhas nessa cidade e para esse povo é o Deus que cuida de mim e me ama de uma maneira tão especial que nem posso imaginar.

Quantas promessas gravadas no meu coração. Quanta segurança elas me trazem.

Somos navegantes dum pequeno barco, mas que maravilha! Há um capitão-de-mar conosco, ele conhece bem nossa rota e está no controle de tudo. Podemos sossegar!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Como Disse o Filósofo e Poeta...

"Procure o conselho dos mais velhos, pois os olhos deles já viram as faces dos anos e os ouvidos já se fortaleceram diante das vozes da vida. Mesmo que os conselhos que derem forem desagradáveis para você, preste atenção neles." Khalil Gibran.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

"O Que Que Há Velhinho?"

Ontem foi aniversário de um dos arquitetos de muita importância no Brasil que completou a idade de 103 anos. Um dia antes o jornal trazia um artigo sobre um de seus últimos feitos, a composição de um samba intitulada “Tranqüilo com a Vida”.
Fiquei pensando nesse episódio e analisando os fatos.
Oscar Niemeyer foi internado no ano de 2009 e passou muitos dias no hospital. Por ocasião de seus 102 anos, sair daquele quadro clínico era uma incerteza. Porém no período de sua internação, pelo homem inquieto que é, começou a ficar entediado com a rotina hospitalar e decidiu que era hora de inovar suas ações.
Apaixonado pelo Brasil e sua cultura buscou aventurar-se na música escrevendo assim a letra do samba.
Imaginem só! Enquanto muitos talvez tenham suposto que Niemeyer não resistiria aquele período de internações devido a complicações em sua saúde; ele batucava um samba.
Que ele é um arquiteto intrigante todos sabem agora no auge dos seus 103 anos está dizendo com sua composição que há mais coisas a se realizar do que o que todos já sabem.
E pensar que muitos jovens já estão cansados de sonhar...
Que vergonha hein?
Lembro-me do bordão repetido pelo personagem Pernalonga: “O que que há velhinho?” Precisa dizer mais?
Entregar-se ao tédio não é nada produtivo. Que tal vasculharmos nossos baús e retirar de lá nossos sonhos ignorados por muito tempo?

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Advertência

"Se você vir um especialista em bombas correndo, tente acompanhá-lo."
Tropa da Ammo Norte-Americana

sábado, 11 de dezembro de 2010

Stand*

Algumas palavras dizem muito por si mesmas e "Stand" é uma destas palavras na qual tenho pensado bastante nos últimos dias.

Fiquei surpresa ao ver uma manchete na internet que representa bem esta palavra.

A notícia dizia de uma jovem capitã de equipe que participava de uma prova de quase seis quilômetros em baixa temperatura tendo feito o percurso em vinte minutos e quinze segundos.

A jovem passou mal nos metros finais do campeonato a poucos passos de cruzar a linha de chegada e não tendo condições de prosseguir correndo, após ter caído, olhou para frente e determinada seguiu engatinhando.

Nessa condição finalizou a corrida garantindo à sua equipe uma colocação necessária para sua escola vencer o campeonato.

O que ela fez?

“Levantou-se”! Mesmo sem correr, mesmo sem caminhar… engatinhando… se arrastando não desistiu de vencer.

Ela disse mais tarde em entrevista ao jornal que a experiência fez com que valorizasse o seu treinador de sessenta anos cuja história no atletismo era de superação.

Isso é o que todos nós precisamos fazer.

Levantarmo-nos! Colocarmo-nos de pé!

Não sendo possível prosseguir correndo ou caminhando devemos olhar para a linha de chegada que está tão perto de nós e desejar alcançá-la como aquela garota fez.

Não é hora de parar!

* Stand >> Ficar de pé; levantar-se.
Legenda do vídeo no YouTube: San Francisco High School Runner Crawls to Finish Line For State Win

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Uma Porta Chamada Vontade de Deus

Domingo enquanto orava me lembrei de pedir a Deus que cumprisse em minha vida a vontade dEle. Foi um momento especial quando pude sentir o toque divino.
Veio-me à lembrança situações que fugiram do meu alcance e que parecia me pressionar como barreiras intransponíveis as quais entreguei de maneira completa a Deus para que nelas fossem manifestas a vontade dEle. Depois de haver descansado na sua vontade essas situações foram facilmente resolvidas como que se uma porta se abrisse para eu passar.
Então essa imagem me veio à mente. A vontade de Deus representada na forma de uma porta, quando aberta indicando aprovação e fechada reprovação.
Certamente você já experimentou essa mesma sensação de haver barreiras impedindo suas conquistas. Talvez sonhos e planos que você tenha traçado ao longo da vida nunca se realizaram antes, tornam-se muralhas diante de você. Coisas que você descreve como sendo intransponíveis, fora do seu alcance. Tudo que estava à mão para ser feito você já fez, tudo que dependia do seu esforço já foi feito, mas nada de realizar seus desejos.
Precisamos fazer como os discípulos de Jesus. Eles entenderam que precisavam aprender a orar. No livro de Lucas, capítulos 11 depois de ouvirem Jesus orar, aproximaram-se dele e pediram para que o mestre lhe ensinasse como fazer isso.
Temos nessa passagem uma oração modelo. Creio que podemos repetir as palavras desse modelo de cor, mas existe algo mais excelente do que simplesmente repeti-la que é vivê-la.
Uma das expressões contidas nela é: “Seja feita a tua vontade assim na terra como no céu”.São palavras bonitas para serem repetidas. E quanto a viver o que elas dizem?
Pois é...
Precisamos nos atentar para a vontade de Deus em nossas vidas. Será que estas barreiras levantadas diante de nós não estão dizendo alguma coisa? Será que a vontade de Deus está representada nelas? Ou como a mulher de Jó, estamos dispostos a receber apenas a vontade de Deus no que diz respeito ao bem, às bênçãos e às aprovações e fechados para as outras vontades?
Que bom quando a porta da vontade de Deus está diante de nós abrindo o caminho para que possamos entrar por ela ou fechando o caminho e nos apontando uma outra direção.
Que ele nos ajude a entender essas sinalizações. Que entendamos a necessidade de nos abrir à sua vontade. Como Ele disse ao profeta Jeremias - Ele sabe os pensamentos que tem sobre nós. Pensamentos de paz e não de mal para nos dar um futuro e uma esperança. (Jr. 29:11)
Eis que diante de você há uma porta chamada Vontade de Deus. Está aberta? Passe por ela! Está fechada? Então talvez haja um outro caminho sendo apontado para você, atente-se!
Essa reflexão como todas as demais nasceu no meu coração. Surgiu como resposta para mim e tenho a convicção que pode responder também às suas perguntas. Sinta-se à vontade para comentar este post.
Que Deus nos abençoe!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Chegou!

O mês de dezembro é chegado.

Parece que foi ontem que estávamos reunidos para a virada do ano, não é essa a frase mais comum que temos escutado? Enfim, ele chegou e anuncia um novo tempo.

Gosto de fazer um balanço de tudo que vivi durante o ano para pautar minhas metas futuras. Estou certa que não alcancei tudo o que desejei, mas posso acompanhar o poeta nas suas palavras...

Realizei o suficiente de metas para continuar estabelecendo novas metas.

Comentei com um amigo sobre a felicidade de ver algum proveito em minhas ações no decorrer do ano.

Tenho aprendido a trabalhar com metas e dividi-las em dois grupos.

No primeiro grupo coloco metas grandes e ousadas. No segundo grupo coloco pequenas metas, porém significativas. Dessa divisão tiro algumas lições.

Olhando para trás percebo que não alcancei as metas do primeiro grupo enquanto todas do segundo grupo foram alcançadas. Entendo que preciso reformular estas metas que não alcancei e melhorar suas definições; traçar meios para atingi-las e melhorar meu desempenho. Quanto às que alcancei, que alegria! Elas me mostram que consegui algumas realizações importantes.

Adquiri um pouco mais de conhecimento. Tenho lido bons livros, aprendido um novo idioma, conhecido lugares novos e pessoas diferentes. Tenho ainda aprendido mais sobre liderança e por conseqüência adquirido novas oportunidades de trabalho. Cometi erros. Aprendi com eles. Aprendi em tempos de comunhão com família e amigos. Aprendi em tempos de "solidão" com o silêncio de Deus. Estou segura de que não estou só!

Ainda não acabou, mas posso dizer que 2010 está sendo melhor que 2009.

Também posso acreditar que 2011 será ainda melhor.

Agradeço a Deus por tudo que ele é e por tudo que tem feito por mim. Agradeço pelas orações respondidas e também pelas orações sem respostas. Agradeço à minha família pelo amor e compreensão. Agradeço a todos que me ajudaram nas minhas conquistas e viveram ao meu lado na igreja, no trabalho e escola. Agradeço aos que estão perto e aos que estão longe acompanhando esse blog.

Deus seja contigo em todo tempo e que o término deste ano, com o decorrer deste mês de dezembro, você, sua família e todos seus entes queridos sejam abençoados com toda sorte de bênçãos de Deus. Um 2011 ainda melhor! Aproveito também para dizer a você que está longe, numa cidade vizinha, num outro estado ou país, mas que tem me acompanhado, muito obrigada por me prestigiar com sua visita.

Obrigada a todos que dedicaram um pouco do seu tempo para refletir comigo sobre diversos assuntos e aos que fizeram desse tempo uma oportunidade de compartilhar seus pensamentos.

Seus comentários são impulsos positivos para mim. Valeu!

Que suas metas grandes e pequenas sejam alcançadas gerando a cada dia boas reflexões!

Grande abraço. com carinho,

Daphnne

domingo, 5 de dezembro de 2010

Escolhas Importantes

"As escolhas importantes que você faz - com exceção do talento que você já tem - irão distingui-lo dos outros que têm somente talento". John C. Maxwell

Tenha um bom fim de semana!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

De Olho na Moda

Não sou do tipo de pessoa que segue as tendências da moda, mas não significa que seja alheia a esse contexto. Posso até dizer que entendo um pouco do assunto, mesmo que isso soe estranho a muitos ouvidos.

Sou estilista*. Uau! Que revelação hein?!

Estilismo envolve design. Isso explica?

Não se preocupe, não represento risco à sociedade; não exerço a profissão – a não ser por alguns corajosos que me procuram (risos).

Ok! Chega de enrrolação. Vou direto ao assunto.

Tenho desenvolvido a “arte da observação” e confesso que o comportamento da sociedade em relação à moda me chama a atenção.

Gostaria de compartilhar com você alguns pensamentos a esse respeito.

Não sigo as tendências por algumas razões e uma delas é questão de personalidade.

John C. Maxwell escreveu “A maneira como você se veste comunica quem você é.” Concordo com ele e sendo verdadeira essa afirmação temos um problema, então. Qual é a personalidade que estou apresentando quando me visto segundo as tendências da moda? Quem são as pessoas que as desenvolvem? O que buscam valorizar? Quais os conceitos trabalhados para chegar às tendências?

Vestir na moda a meu ver é renunciar à personalidade, ou seja, abrir mão da qualidade que o diferencia do outro e o faz ser exclusivo. A moda tende a equiparar os indivíduos. (Logicamente essa minha observação não generaliza os fatos. Faço referencia àquelas pessoas que são completamente dependentes das tendências da moda e julgam os outros por esta perspectiva).

Logo o que é comunicado na maneira como a sociedade, adepta das tendências, se veste é reflexo da personalidade dos profissionais da moda e não de si mesma.

Não é isso que quero comunicar na minha maneira de vestir. E quanto a você?

O assunto rende e ainda poderia dizer de outros aspectos, mas entendo que ocuparia mais o seu tempo.

Acho importante refletir sobre esse assunto quando a maneira como nos vestimos comunica quem somos nossas crenças e nossa identidade.

Pense nisso!

*Curso de Estilismo promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através da Divisão do Trabalho, de Uberlândia. Ano 2003.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Em Busca de Renovo

Pela manhã comecei a caminhar.

Havia lido uma palavra do profeta e queria alcançar a compreensão daquelas palavras. Que seria aquilo?

Busquei forças para chegar a um lugar alto. Estava cansada. A caminhada era difícil mas precisava entender

aquelas palavras.

Caminhei sem olhar para os lados até que cheguei num lugar de onde não podia mais prosseguir.

Sentei e fixei os olhos no horizonte.

Avistei ali bem a minha frente uma ave. Seu aspecto era estranho. Não tinha beleza. Suas penas não tinham brilho.

Seu olhar pareceu pesado. Suas garras não podiam mantê-la firme. Parecia que estava como eu. Cansada. Buscando uma resposta.

Enquanto eu tentava decifrá-la tentou abrir suas asas. Da primeira vez não conseguiu. Segunda vez também não. Porém para meu espanto na terceira vez a ave bateu firme as suas asas e voou. Voou alto de maneira firme e determinada.

Foi uma cena extraordinária para mim.

Fiquei ali no meu lugar e de novo as palavras do profeta veio aos meus pensamentos.

Que significaria aquilo?

Estava tão cansada que o meditar daquelas palavras me deram sono e adormeci.

Não sei precisar quanto tempo fiquei ali. Parecia ter passado os dias. Muitos dias.

No meu coração eu tive a certeza. Precisava me recompor e seguir o meu caminho. Não podia desistir. Havia caminhado tanto até aquele momento.

Tantas coisas maravilhosas pude contemplar. Tanto agir de Deus em minha vida. Tanto amor, graça e misericórdia...

Ouvi um som e despertei do meu sono pesado. O céu estava limpo. De lá descia uma ave. Era grande e formosa.

Suas asas resplandeciam um brilho. Seu vôo era firme. Suas garras novas. Que ave seria aquela?

Foi quando percebi o que havia acontecido.

As palavras do profeta fizeram sentido. Aquela era uma águia.

Ela havia se cansado assim como eu. Passou por um momento decisivo. Seu vôo repentino mostrava uma decisão.

A decisão de se renovar.

Abriu suas asas ao encontro de uma nova chance de viver. Voou ao encontro do topo. E ali se desfez de toda sua carga.

Penas velhas. Garras frágeis. Bico pesado...

Agora diante dos meus olhos mostrava que o Senhor é quem renova as forças do cansado.

Tomei fôlego e me levantei. Faria como a águia. Comecei a correr e não me cansava. Alternei a corrida para uma caminhada e não me

Fatigava.

Eis que aquelas palavras foram novas para mim e são também para ti.

"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão." Isaías 40:31

domingo, 28 de novembro de 2010

"Por quê?"

Tenho notado que minhas conversas passaram a apresentar muitos pontos de interrogação...
Algumas pessoas me ajudaram a notar isso.
Fiquei feliz ao encontrar algumas explicações a esse respeito.
Peter Drucker, pai do gerenciamento moderno disse: "Meu ponto forte como consultor é ser ignorante e fazer algumas perguntas."
É incrível como podemos adquirir conhecimento quando fazemos perguntas!
Larry King, apresentador, diz que fazer perguntas é o segredo de toda boa conversa: "Sou curioso a respeito de tudo."
Lembro-me de acompanhar a fase em que meus sobrinhos só sabiam se comunicar com essa extraordinária pergunta.
Por que isso? Por que aquilo?
Na medida em que perguntavam adquiriam conhecimento a respeito das coisas que lhes despertavam o interesse.
Não é exatamente assim que acontece com todos nós?
Então, por que se irritar diante de uma interrogação(?)
Ela te dá a oportunidade de compartilhar sua sabedoria!
Não se sinta constrangido em fazer perguntas.
Elas lhe abrirão caminho para o conhecimento!

sábado, 27 de novembro de 2010

Confirmado!

Escrevi recentemente sobre minha meta de leitura deste ano.
Neste mês li (acabei hoje) o livro do autor John C. Maxwell cujo título é: Todos se comunicam poucos se conectam.
O livro é ótimo.
Você pode pensar que sou suspeita para falar por ser fã, mas deixa eu explicar o que acontece...
Sempre gostei muito de ler e tento fazer isso com frequencia.
Quando leio os livros do John Maxwell (assim como quando leio a Bíblia) acontece algumas coisas interessantes... é
impossível ficar parada. Tenho que pegar papel e lápis para anotações. Ao final da leitura, tenho "textos reflexivos", esboços de mensagens e planos de ação.
Consigo organizar idéias travadas e resolver algumas situações, resumindo... coloco minha cabeça para funcionar e sempre consigo bons resultados.
É bom saber que seus ensinamentos resultam de uma vida cristã e familiar.
Então...
Se você gosta do assunto comunicação posso lhe assegurar que não vai se arrepender.

Aproveito esse post para dizer que o título: Dicas Para uma Vida Abundante do autor Baltazar de Souza Ferreira (meu pai) pode ser encontrado nas livrarias: Maranata, Pró-Século e Eclesiastes em Uberlândia.
Adquira o seu. Eu recomendo!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Não Estamos Sozinhos

Que bom saber que Deus está conosco a todo tempo cuidando de nós com amor, graça e misericórdia.

Embora temos essa companhia tão maravilhosa há momentos que ele se cala e na nossa fraqueza sentimo-nos à deriva na vida.

Basta prestar atenção nas diversas músicas que ouvimos e cantamos para perceber uma composição a esse respeito.

Temos necessidade de comunicação seja ela auditiva ou visual e não fomos feitos para viver em rompimento desses contatos com Deus.

Entrou o pecado no mundo, o homem tornou-se mortal, rompeu-se o elo de “ligação direta” com Deus, acabaram-se os encontros face a face e ficou essa falta tão constante no ser humano.

Não podemos vê-lo, porém por seu grande amor, podemos senti-lo e ouvi-lo. Não é um grande consolo?

Mas, voltando ao que escrevi anteriormente, algumas vezes ele se cala e nós ficamos desconsolados. Oramos, buscamos ouvir sua voz e sentir o seu toque. Queremos o nosso amado. Queremos mais que saber de sua presença, queremos sua manifestação.

Que grata surpresa quando nesses momentos de silêncio de Deus nos levantamos do altar e olhando ao nosso redor contemplamos aqueles que chamamos de intercessores.

Graças a Deus pelos intercessores!

Às vezes em secreto estão nos apresentando a Deus em suas orações, são nossos auxiliadores a serviço de Deus.

Que maravilhoso Deus é o nosso que enquanto está em silêncio trabalha por aqueles que nele esperam. Levanta pessoas para nos ajudar. Desperta intercessores.

Obrigada à você que tem sido um ajudador. Um intercessor por mim e por minha família.

Tenho grande estima por este chamado. Obrigada por atendê-lo!

Obrigada Deus por não nos deixar sozinhos!

Obrigada Deus por usar teus instrumentos para falar aos nossos corações enquanto o Senhor está cumprindo em nós os teus planos, trabalhando em nosso interior.

Nunca estou só! Você nunca está só! O nosso Deus vela por nós!

Ele é maravilhoso! Amoroso! Misericordioso e sua graça é abundante!

domingo, 21 de novembro de 2010

Pensamento de um Líder

"Nada pode acontecer por seu intermédio até que aconteça com você" J.C.M

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Livro do Mês

E a dica do mês de novembro é... Isso mesmo! Mais um livro do autor John C. Maxwell. Todos se comunicam, poucos se conectam.
Nessa época de informação em que comunicar se tornou tão fácil através da telefonia móvel e Internet por exemplo, é mais do que importante saber se conectar. (num sentido amplo da palavra)
Comecei ler a pouco tempo mas já posso tirar bons aprendizados.
Quer me acompanhar na leitura? Se quiser ao final podemos trocar idéias. Fica a dica!
Abraços!

* Comprar (e ler) um livro é um ótimo investimento!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Congresso Nacional de Jovens

31 Aniversário da AIDB em Uberlândia - "Milagre No Altar"

Tenho pensado sobre como descrever este fim de semana, mas confesso a minha dificuldade. Dizer que superou as expectativas é muito pouco. Foi bom, foi ótimo, foi maravilhoso...

A festa para mim começou mais cedo.

Tive o privilégio de comemorar antecipadamente o meu aniversário de 28 anos (na sexta-feira). Recebi amigos e familiares em minha casa. Agradeço a Deus pelas pessoas que me querem bem e podem se alegrar comigo.

Que privilégio receber até mesmo meu querido amigo e pastor Jonathan que veio dos EUA para o Congresso de Jovens e Aniversário de 31 da AIDB em Uberlândia, o bispo Adan Alvear e o bispo John Lambeth.

Sábado o dia começou muito bem em clima de festa e com a chegada das primeiras caravanas.

Nosso bispo Adan Alvear pregou uma boa palavra pela manhã. Verdadeiro recado de Deus para os jovens. Ele falou sobre Absalão.

À tarde recebemos com muita alegria a visita do bispo Robert Lambeth com sua estimada igreja (IAB – Campinas). Que baita palavra hein?

A nossa resposta para o Diabo em relação às suas propostas é: NÃO!

À noite ouvimos do bispo John mais uma tremenda mensagem: A certeza das coisas

Meu Deus! Existem tantas palavras, tantas expressões mas, palavras acompanhadas de unção fazem toda a diferença!

Ah, neste culto também tivemos o privilégio de ouvir o coral da IAB...

Jesus, eu creio. Há um milagre me esperando no altar! Tua glória está neste lugar, eu sei. Vem sobre mim poder!

Poderia ouvir este coro sendo cantado a noite inteira! Que coisa tremenda!

Registro aqui minha grata surpresa com a homenagem que o grupo de jovens me fez. Fico feliz em poder estar a frente de pessoas tão especiais como vocês Boanerges!

Para resumir o dia 13 de novembro de 2010 foi um enorme presente de aniversário para mim. Tenho muito a agradecer...

Domingo a festa continuou e então pudemos ouvir o querido pastor Jonathan pregando a mensagem: Quando quero fazer o mal o bem está comigo. Que poderosa mensagem hein?!

À tarde o tema foi: Decisão e à noite I Tm 4:12.

Quatro pregadores convidados... Quatro maneiras diferentes de ministrar a palavra, porém uma única fonte de inspiração. Jesus Cristo nosso Senhor. Manifestação do poder de Deus com sinais em nosso meio. Igreja lotada. Comunhão.

Que maravilhoso fim de semana!

Além de todos estes momentos especiais tive o privilégio juntamente com a turma deste ano da Escola de Profetas de presenciar uma aula muitíssima especial com o bispo John Lambeth.

Ouvir este grande homem de Deus ensinar a respeito de Autoridade Espiritual e o Funcionamento da Igreja foi um grande prazer.

Meu Deus! Quantas palavras poderia escrever aqui, mas quero resumir dizendo que o combustível necessário para umA Longa Caminhada foi dispensado a nós, cabe a nós tomar a Decisão de Dizer Não para o Diabo e seguir sempre à frente sem rebeldia sabendo que o bem está conosco. Temos de ter a certeza das coisas e exercer uma boa influência.

Obrigada a TODOS OS PASTORES E SUAS RESPECTIVAS IGREJAS (AIDB E IAB) que saíram de suas cidades para prestigiar este evento e se juntar a nós num grande culto ao nosso Deus. Obrigada a TODOS da AIDB de Uberlândia que trabalharam com grande empenho para o sucesso do congresso.

E principalmente obrigada a Jesus que aprovou todo este movimento!!

sábado, 13 de novembro de 2010

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Amanhã...

Estaremos em festa na igreja amanhã, mas não poderia deixar passar essa data sem postar um agradecimento...

Com as palavras do salmista, louvo a meu Deus por mais um ano de vida, obrigada Jesus!!

“...Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.

Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza.

Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra.

Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.

Como são preciosos para mim os teus pensamentos, ó Deus! Como é grande a soma deles!”

Salmos 139: 13-17

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Just For Me

Nos dias que antecediam as apresentações de projetos na faculdade era normal sonhar com os trabalhos acadêmicos.

Ia dormir tarde depois de passar horas na prancheta de desenho.

No dia seguinte eu e as demais alunas reclamávamos desses “efeitos” resultantes do estudo.

Claro que os professores não perdoavam.

Um deles gostava de nos provocar dizendo que sonhar com os trabalhos da faculdade era um sinal de que estávamos envolvidas em nossos estudos.

Ele tinha razão.

Foi inevitável lembrar-me desse professor e de sua provocação quando na semana passada sonhei com meus estudos.

Dessa vez foi bem diferente.

No meu sonho eu cantava em inglês e “ministrava” a palavra de Deus com muita habilidade. Depois tentava conversar com algumas pessoas neste mesmo idioma.

O fato de sonhar com aquilo com que estou envolvida torna-se interessante no momento em que não tenho domínio do inglês (Quem me dera!).

Acordei com a música na cabeça e já não tinha tanta habilidade assim para cantá-la.

Procurei pela música em meus CD´s e não encontrei, mas a dificuldade com o idioma me incitou a procurar até encontrar a música que cantava no sonho.

Trata-se da música “Just For Me” do cantor Donnie McClurkin.

Que coisa maravilhosa!

Jesus veio ao mundo e suportou a cruz por mim! E por você também!

Quero louvá-lo em todo o tempo, seja quando estiver bem acordada ou mesmo quando estiver dormindo!

No meu idioma que domino bem, ou em qualquer idioma que vir a conhecer!

Ele merece ser lembrado a todo o momento.

Just For Me… Jesus came and did it Just For Me! (and for you!)

Tenha uma boa semana!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Pois é... O tempo Passa...

Finalmente eleições encerradas no país!

Não, eu não gostei dos resultados e não é sobre isso que quero falar.

Que tal falar de Jingles? Eles marcaram o mês de outubro.

Foram centenas espalhados por todas as cidades divulgando os números dos candidatos.

Uma “musiquinha” mais terrível que outra, mas, venhamos e convenhamos, o resultado é fatal. Basta uma trégua de pensamentos para sua mente começar a repeti-los, não é assim?

Alguns são criativos outros nem tanto, mas encerradas as eleições, dados apurados, resultados (desastrosos)... tudo passa, menos os jingles.

Ainda bem que nem só de eleições vivem os publicitários.

Recordo-me de um clássico da propaganda brasileira estrelado nos anos 90, o jingle do Bamerindus.

Tão famoso ele ficou que mesmo depois do Bamerindus ser vendido para o HSBC a música permaneceu na boca do povo.

“O tempo passa... o tempo voa... e a poupança Bamerindus continua numa boa...”

É certo que a letra não pôde sustentar a realidade do banco, mas a combinação de palavras e som agradou tanto que se tornou um bordão mencionado por gente de todas as idades.

Basta fazer referência ao tempo que passa para se lembrar do jingle.

Bem por isso me referi a ele.

Já estamos em novembro e faltam agora 09 dias para meu aniversário...

Tenho muito a agradecer a Deus por todos os benefícios que ele me tem dado.

O tempo voa e assim como o Bamerindus sofreu mudanças... a idade também muda (riso) e as reflexões compartilhadas aqui vão sofrendo as variações do meus pensamentos.

Agradeço a você por compartilhar comigo estes três anos de blog (uma pequena fatia da minha vida).

...

Aproveito esta postagem para dar os parabéns ao bispo Adan Alvear por seu aniversário no dia 05 (amanhã). Felicidades bispo! Deus te abençoe com toda sorte de bênçãos!

domingo, 31 de outubro de 2010

Estímulos

Quando alcancei a “maior idade” comecei a sonhar com a minha CNH.

Sonhava com a autorização para dirigir e sentia o meu sonho pulsar dentro de mim com maior intensidade cada vez que entrava em um ônibus.

Ah! Não é nada agradável ter que depender desse meio de transporte todos os dias, principalmente em horários de pico.

Utilizar o transporte público no percurso casa – faculdade - trabalho fez com que eu saísse da minha comodidade para a auto-escola. Finalmente consegui o que queria meu sonho se tornara uma realidade.

Porém ter uma CNH não significa ter um carro e o meu sonho precisava de uma continuidade.

Comecei a sonhar em ter um carro. Queria muito que 2010 fosse o ano em que este sonho se realizaria.

Fiquei algum tempo em casa desempregada e, portanto sem precisar utilizar o transporte público. Não me lembrei hora nenhuma do desconforto de “andar de ônibus”. Cada vez que precisava pegava o carro do meu pai emprestado e estava tudo tranqüilo.

Finalmente comecei a trabalhar. Levantei cedo, caminhei para o ponto para garantir o horário e entrei no ônibus e... Lembrei do meu sonho! Quero um carro!

Incrível como foi automático!

Enquanto estive no meu conforto descansei em relação ao meu sonho. Mas, sair da comodidade me fez lembrar os anseios do coração.

É assim em qualquer área da vida. Conforto não é estimulante. Ele produz alívio, consolo e diminui o trabalho.

Todo ser humano precisa ser estimulado, ou seja, impelido à ação, incitado à algo a fim de que alcance resultados.

Ainda ontem estive lendo a história da Pax, a maior fornecedora de brinquedos da Rússia e dos países integrantes do ex-bloco soviético. Com a Perestroika, em 1988, a então grande fábrica de bombas e armamentos paralisou suas operações. Enquanto muitas empresas permaneceram sem atividade no período de mudanças econômicas o russo Vladimir Gnezdilov se viu fora da zona de conforto e foi estimulado a pensar em algo que pudesse fazer para aproveitar suas instalações e matérias-primas. Foi então que surgiu a idéia de produzir equipamentos para parque de diversões: carrosséis, roda gigante e montanhas-russas.

Alem de conseguir um bom resultado financeiro este russo conseguiu transformar material bélico em diversão. Não é fantástico?

Grandes marcas surgiram em tempos de desconforto.

Embora não apreciemos estes momentos eles conseguem estimular grandes e boas ações.

Vamos pensar nisso!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Filosofia de Montaigne

"Teimar obstinadamente é o defeito de almas vulgares, ao passo que voltar atrás, se corrigir, abandonar uma opinião errada são qualidades raras das almas fortes."

domingo, 24 de outubro de 2010

Sábado em Brasília DF

Sábado tivemos a oportunidade de estar em Brasília com o Pr. Iremar e sua igreja.
Fomos em 14 pessoas numa viagem bem agradável e estar ali com os irmãos foi um grande prazer. Participamos de um banquete espiritual que o Senhor nos preparou e depois...
Bom... depois fomos lanchar e conversar um pouquinho mais. Tudo muito bom!
Que Deus conceda de suas ricas bênçãos à AIDB que está localizada no Gama.
Aquele que começou a boa obra é fiel para completá-la!
Continuem firmes irmãos e estamos aguardando vocês aqui em Uberlândia em Novembro.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

O Poder do Engano II

Foi de uma mensagem pregada pelo pr. Jonathan Alvear em Curitiba que tirei o título desta postagem. Embora o foco fosse a igreja de Filadélfia ele deu uma pincelada a respeito de Sardes outra igreja descrita em Apocalipse 3.

Desde então fiquei com essa expressão martelando em minha cabeça.

Há mais de um mês venho observando situações em que o poder do engano opera.

Infelizmente ele está também no meio da igreja.

Sardes recebeu repreensão por ter a aparência de uma igreja viva quando na verdade estava morta. Suas obras já não eram perfeitas diante de Deus.

Que triste realidade daquela igreja e que perigo nós corremos hoje de viver como Sardes.

Gosto de estudar outra situação que está descrita no livro de I Samuel 16 quando o profeta chegou à casa de Jessé para ungir um rei para Israel.

Ele foi à casa daquele patriarca a fim de ungir o homem que Deus escolhera para rei. Naquele lugar ele não contaria com a aclamação popular. Ele precisava estar sensível à Deus para aquela tarefa.

Veio Eliabe filho de Jessé se apresentar e sua aparência era ideal para a ocupação de rei do ponto de vista de Samuel. Ele pensou: Aí está o substituto de Saul. Certamente é ele.

Os filhos de Jessé eram homens valentes, formosos e de boa estatura. Seria difícil para o profeta escolher entre eles apenas um, mas não foi necessária a dúvida.

Deus estava presente para não deixar a verdade oculta. O SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração.

Naquele lugar e diante de Deus o poder do engano não podia operar. (Graças a Deus essa verdade não mudou).

Samuel esperou para ver o outro filho de Jessé. Deus não teria se enganado ao enviá-lo àquele lugar. Estava ali o seu ungido e Samuel faria o que devia ser feito.

Mandaram chamar Davi e todo o engano se desfez. Quando ele entrou o Espírito do Senhor disse a Samuel. É este mesmo. Pode ungi-lo.

Quem, até aquele momento, tinha olhado para Davi e visto nele potencial para ser um rei?

Só Deus, que não olha para a aparência!

Podemos enumerar centenas de exemplos, mas queria ainda ressaltar algo importante sobre como vencer o engano na vida espiritual.

Em ambos os exemplos citados neste texto o engano foi vencido pelo Espírito de Deus.

Ele não nos deixa em dúvida! Isso não é bom?

Você quer saber a ferramenta que ele nos disponibilizou?

Estou falando de um dos dons que Deus nos deu... o dom de discernir os espíritos. Cor. 12:10

Está disponível para todo aquele que buscar o batismo com o Espírito Santo. Precisamos usá-lo com afinco nesse último tempo da igreja e impedir que o poder do engano opere.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O Poder do Engano I

Estava em um ônibus que segue em direção ao Hospital das Clínicas. Assentado na poltrona da frente estava um rapaz vestido de branco. Pensei: deve ser um enfermeiro em formação (já que um profissional formado teria condições para adquirir um veículo). Cheguei ao meu destino desci do ônibus e o jovem me acompanhou. Ele entrou na fábrica de doces e percebi o meu engano. Estabelecimentos que lidam com manipulação de alimentos adotam a cor branca para seus uniformes tal como estabelecimentos que visam a conservação da saúde e higiene. Meu julgamento não levou em consideração esta última informação nem tão pouco a existência da fabrica de doces naquele local. Além do mais, muitos outros estabelecimentos adotam a cor branca para seus uniformes.

Não podemos negar que algumas ocupações são (numa análise superficial) mais glamorosas que outras.

A situação descrita fez me lembrar de anos atrás de quando ouvia com frequência uma pessoa dizer que achava bonito homem vestido de branco e que queria se casar com alguém que trabalhasse com um uniforme dessa cor.

Ouvia aquela declaração achando graça, pois o uniforme branco assim como descrevi acima poderia indicar várias profissões. O homem poderia ser um médico, dentista, enfermeiro ou açougueiro, manipulador de alimento ou até mesmo um “pai de santo”.

Toda essa observação é apenas uma pequena fatia de um bolo enorme do que podemos dizer a respeito de engano.

As aparências enganam, não é assim que diz o velho ditado?

Quantas coisas julgadas pelas aparências são boas, bonitas, melhores e mais eficazes?

Quantos exemplos, sobre esse assunto, poderíamos citar?

Acompanhe a continuação na próxima postagem.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Frase...

"Estive com Deus e com o diabo. Os dois brigaram por mim e Deus venceu." Mario Sepúlveda > mineiro chileno no momento do seu resgate.

domingo, 17 de outubro de 2010

III Movimento Evangelístico da Garotada - EBB

Parabéns aos idealizadores do Movimento Evangelístico da Garotada pela sua III edição que foi um sucesso para os baixinhos e para os grandinhos...

sábado, 16 de outubro de 2010

Foi Ontem...

Ontem se comemorou o dia dos professores...

Estava visitando uma obra num condomínio aqui em Uberlândia quando me lembrei de uma aula de paisagismo que tive com o professor Ricardo.

Infelizmente soube que este professor faleceu no dia 12 de outubro em decorrência de complicações em uma cirurgia.

Mas, certamente as memórias desse professor e de suas aulas nunca morrerão em seus alunos.

Olhando para o projeto paisagístico do condomínio me lembrei do entusiasmo daquele professor nos conduzindo por um passeio no campus e nos apresentando as espécies de árvores e arbustos... Muitas delas plantadas por ele.

Ele falava com uma entonação eufórica o nome das espécies em latim depois traduzia com seu sorriso maroto como se tivesse apresentando um ente querido.

Seu amor e dedicação pela profissão foram alem do exercício de sua atividade.

É impossível não deslumbrar com a paisagem dos ipês floridos na avenida principal do bairro. Ele plantou muitos deles cuidando de escolher bem as cores e a localização: próximos às entradas da Universidade.

Bom, esse é um exemplo de um único professor, mas quantos não têm marcado as nossas vidas no decorrer do tempo?

Recentemente escrevi um e-mail de agradecimento aos meus professores da faculdade e me alegrei em receber respostas.

Eles foram parte muito importante na minha formação profissional.

São muitas vezes desvalorizados, mas sem eles como existiriam alunos!

Agradeço aos professores e mestres que contribuem para nosso crescimento pessoal e intelectual.

Eles são parte de nossas vidas na realização de sonhos e superações!

Dia 15 de outubro é apenas um dia do ano... Enquanto nossos professores merecem muito mais todos os dias.

Parabéns a todos que escolheram a profissão, vocês merecem todo o reconhecimento de seus trabalhos!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Registrando...

... E todos passaram pela porta de esperança... ou devo dizer cápsula?
Acabo de acompanhar o término da operação de resgate dos mineiros do Chile.
Final feliz, graças a Deus!


terça-feira, 12 de outubro de 2010

Crianças...

Todo dia é dia

Aplica o teu coração à instrução e os teus ouvidos às palavras do conhecimento.

Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá.

Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno.

Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á o meu coração, sim, o meu próprio.

E exultarão os meus rins, quando os teus lábios falarem coisas retas.

O teu coração não inveje os pecadores; antes permanece no temor do SENHOR todo dia.

Porque certamente acabará bem; não será malograda a tua esperança.

Ouve tu, filho meu, e sê sábio, e dirige no caminho o teu coração.

Provérbios 23:12-19