quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Feliz 2015!

E se vai mais um ano... 2014 foi desafiador. 
Houve dias em que chorei. 
Ah sim! Houve dias difíceis, situações embaraçosas; dias nebulosos...
Minha esperança, fé e paciência foram colocadas à prova.
Eu comparei minha vida a um barquinho sem leme a deriva no meio do mar...
Mas, não, o ano de 2014 não se resume a esta triste introdução.
Houve dias em que a esperança renasceu como o saltitar de uma criança.
Eu sorri, pulei, dancei de alegria.
Ganhei presentes maravilhosos de Deus e de seus ungidos.
Fiz coisas novas. Experimentei novas emoções e sim, eu me alegrei.
Vi Deus guiando o meu barquinho a uma direção por ele pré-determinada.
Viajei, fui mentora, me aventurei na cozinha, ensinei a palavra de Deus, orei e vi minhas orações sendo respondidas.
A família aumentou. O laço familiar se manteve firme. A saúde se abalou, mas não foi destruída. O sustento financeiro não faltou. A proteção divina não falhou. A fé foi preservada.
Vi sonhos tornando realidade. Vi promessas se cumprindo. Vi milagres, eu os peguei no colo!
Ah 2014, não me entristeço com sua partida, antes, me alegro com o ano novo que se aproxima.
Quero permanecer sob os cuidados do meu bom Deus e confiar em seu permanente amor. 
Se dias difíceis vierem, sei que passarão. Se desafios vierem, sei que serão vencidos. Se eu chorar sei que não me faltará o sorriso também. Sabendo disto estou pronta para receber de braços abertos e na presença de Deus o ano de 2015!
Bem-vindo ano novo! Adeus ano velho!