Pular para o conteúdo principal

Dupla honra

Ontem a noite foi novamente muito especial para a AIDB Uberlândia, foi a apresentação dos bebes Marcos Paulo e João Pedro. Estas crianças são frutos de promessas de Deus na vida do diácono Lucas e sua esposa Sabrina. 
Quando este casal anunciou na igreja que seriam pais eles moveram os céus com louvor a Deus. Foi uma noite muito especial. Havia uma alegria irradiante naquele lugar. Não me esquecerei de como foi comovente ouvir os novos papais cantando a música do André Valadão: “Meu milagre chegou”. Foi lindo e tão verdadeiro!
A espera deles foi mais de 11 anos. Eu presenciei o quanto eles clamaram a Deus por filhos. Eles choraram, eles oraram, eles lutaram com o tempo... Nunca desistiram do sonho e da promessa. Eu presenciei o tempo passando e as promessas sendo provadas por ele. Eu os vi no altar, eu os vi recebendo orações e presenciei algumas vezes quando eles receberam palavras de Deus através de seus ungidos. Eu vi a alegria ao receber as palavras, a esperança na promessa sendo renovada. Sei que não presenciei tudo. Talvez o que presenciei tenha sido a menor porção dos seus clamores. Eu sei.
Mas, ontem... Ontem eu os vi entrando no templo com suas crianças. Porção dobrada da benção de Deus. Eu estava lá! Eu vi os bebes sendo apresentados e consagrados a Deus. Eu vi a alegria e a gratidão dos pais. Eu senti novamente aquela alegria radiante. Estava lá, diante de todos nós, a promessa cumprida. 
Ao vê-los eu renovei a minha esperança. Eu olhei para aquelas crianças e me recordei das promessas de Deus para minha vida. Ah sim, estou passando pelo “teste do tempo”, e como é maravilhoso saber que Deus zela por cumprir suas palavras. Eu me alegrei.
A passagem de Gn 15:5 veio à minha memória. Lá está escrito que Deus levou Abrão para fora da tenda, mandou que olhasse para o céu e que contasse as estrelas. Tal qual a quantidade incontável de estrelas assim seria sua descendência. O Marcos Paulo e João Pedro são para mim como aquele céu estrelado. Eu os vejo e sei que as promessas de Deus se cumprirão. Eles me apontam o que está escrito em Is 55:11 “assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: Ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei”. (NVI). Gosto também de outra versão que diz: “assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei”.
Sim, eu creio! A palavra vinda de Deus prosperará! Foi assim na vida do dc Lucas e irmã Sabrina. “Em lugar da vossa vergonha, haveis de ter dupla honra; e em lugar de opróbrio exultareis na vossa porção; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria”. Isaías 61:7
Eles receberam porção dobrada da benção de Deus e eu posso vê-los hoje mesmo e reconhecer isto. Deus seja louvado!

Comentários

Sabrina Freitas disse…
Querida, como é bom confiar no Senhor Jesus!! Realmente, muitas vezes somos provados pelas próprias promessas que recebemos da parte de Deus, mas como você lembrou, a palavra dele não volta vazia... Foi assim em minha vida. Será assim na sua vida!! Ontem não estabelecemos uma "pedra de testemunho" porque meus filhos são testemunhos vivos do que Deus faz... Creia, creia!! Meu milagre chegou e o seu continua te esperando no altar!! Estamos em oração constante por você também!! Vamos nos alegrar juntas quando as promessas de Deus se cumprirem em sua vida... eu estarei lá pra te abraçar e sorrir com você, como você sorriu comigo ontem. TE AMAMOS!! Sabrina, Dc Lucas, João Pedro e Marcos Paulo

Postagens mais visitadas deste blog

O que aprendo com a gazela?

Convidada para pregar no culto de encerramento das atividades (2013) do grupo Dorcas (grupo de mulheres da AIDB-Uberlândia), me senti motivada a estudar a história desta personagem bíblica que inspirou o nome do grupo. Quem foi Dorcas? O que seu nome significa? Quais seus valores? Porque sua história motiva outras mulheres que trabalham na obra do Senhor?
O nome apresentado na história bíblica é Tabita e sua história é apresentada no contexto de sua morte. Estranho, não?
A narrativa se encontra no livro de Atos, cap.9 à partir do verso 36. E assim começa a descrição dos fatos: “E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto”.
Para um “leitor dinâmico” estes dois versos resume toda a história. A mulher existiu, era uma mulher de boas obras, ficou doente e morreu (ponto!). Porém estes dois versos mostram ape…

Encontre a resposta!

Palavras e imagens sempre foram objetos da minha curiosidade. Talvez esta seja a razão porque gosto de fazer palavras cruzadas, montar quebra-cabeça e resolver exercícios de lógica.  Recentemente me vi num entrave com um exercício de lógica. Quatro imagens propunham uma palavra com seis letras. A primeira imagem era de um ovo, a segunda de um bolo de aniversário, a terceira de um cachorro e a última de uma prateleira de sapatos. Fiquei por muito tempo tentando achar a lógica daquele exercício. O que tem em comum um ovo, um bolo, um cachorro e sapatos?  Tentei várias palavras e nada. Deixei o exercício de lado por algumas vezes na esperança de voltar com uma solução. ‘Quebrei a cabeça’ com aquele enigma. Estava procurando uma ligação das imagens até perceber que a lógica estava na cor e não nas imagens em si. Mudei o foco para a cor e facilmente preenchi os espaços com as letras. Interessante como fixamos os olhos no problema e deixamos de perceber a solução bem diante dos nossos olhos. Nã…

Falando sobre "Lagar"

O que Gideão fazia no lagar? Se sua resposta foi diferente de "malhando trigo" acho que não está familiarizado com a história deste homem, pois, era exatamente isso que ele estava fazendo. Mas... para que serve um lagar? Afinal de contas... onde é que se malha o trigo? Bem, não me incomodo se essas perguntas nunca lhe passaram pela cabeça. Porém, desde minha última postagem no blog tenho meditado sobre essa passagem bíblica. O lugar correto para se malhar trigo chama-se Eira que segundo o dicionário quer dizer: extensão de terreno limpo e batido, ou lajeado, onde se secam, malham, trilham e limpam cereais e legumes; Sabe porque Gideão preferiu malhar o trigo num lagar? Ele não estava disposto a perder o seu sustento para os Midianitas. Por algum tempo os midianitas consumiam todo o alimento produzido pelos israelitas. Não somente as suas plantações eram destruídas mas também o seu rebanho. Muito bem, vamos voltar ao lagar... Segundo o dicionário lagar é: tanque onde se espremem ou p…