quinta-feira, 15 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

"Momento Asafe"

Quem nunca teve seu momento Asafe?
É... Esse momento chega na vida de um cristão.
É um momento de “ou vai ou racha”, você sabe do que estou falando?
No livro de salmos no capítulo 73 vemos um salmista cansado.
Ele reconhece a bondade de Deus e sua fidelidade para com os justos, mas, confessa suas fraquezas.
Aos olhos humano julga a prosperidade do homem ímpio, sua força e descanso enquanto ele se fadiga no seu trabalho.
Questiona se vale a pena se santificar, se separar da imundícia deste mundo enquanto os que não se santificam folgam nos seus prazeres e parecem viver bem.
Momento Asafe...
Momento de cansaço psíquico e questionamentos da alma. Desabafos. Luta da carne com o espírito.
Momento em que o que os olhos vêem questionam os sentimentos do coração, a fé e a esperança. Mas, nesse momento também acontece uma outra coisa. É o momento de entrar no santuário de Deus.
Oh... E derramar o coração na presença do altíssimo.
É o momento em que a alma se rompe em lágrimas e a oração torna-se em gemidos inexprimíveis.
É o momento onde os olhos carnais se fecham para que os olhos espirituais se abram.
É o momento em que os sentimentos da alma se juntam à fé e à esperança e contradizem o que os olhos carnais vêem.
Momento Asafe...
Você já viveu esse momento?
Momento em que você tem paz em aceitar a sua porção no Senhor.
Ele mesmo é a nossa porção.
É ele a fortaleza do nosso coração.
É ele que desfaz o conselho dos ímpios.
É ele quem nos sustenta e nos guia em seu caminho e nos receberá em sua glória.
Porque nos desesperar diante dessa promessa tão preciosa?
Nada mais eficaz para nossa paz do que entrar no santuário de Deus e contemplar a sua fidelidade.
A fadiga pode chegar e o cansaço se manifestar, porém o que não pode acontecer é ficarmos do lado de fora do santuário de Deus.