terça-feira, 13 de outubro de 2015

Tudo passa

Hoje pela manhã quando fazia o trajeto de casa para o trabalho, meu pai comentou sobre sua lembrança de muitos anos atrás. Ele passou muitas vezes naquele lugar quando ali era ferrovia. O Campus da UFU (Universidade Federal de Uberlândia) só possuía um prédio destinado à Engenharia. (Até hoje o campus é conhecido como engenharia). Não é necessário dizer como tudo isso mudou ao longo dos anos. 
Meu trabalho fica bem próximo da escola onde estudei desde o ensino fundamental até a maior parte do ensino médio. Passei muitos anos pela lateral da universidade quando fazia o trajeto da escola para casa e lembro-me de pensar que levaria muito tempo para me ingressar no ensino superior. 
O tempo passou e entrei na universidade. Fiz e refiz o mesmo trajeto por anos. Foram quatro anos para ser exata. Novamente na minha mente pensava que quatro anos seria um longo tempo. E o tempo passou!
Nossa relação com o tempo é interessante, não me canso de dizer e refletir sobre isso.
Lembro-me de pensar, quando era criança, que uma pessoa na casa dos trinta anos era uma pessoa que já tinha vivido muito tempo (para não dizer velha). Não conseguia me ver na casa dos trinta de jeito nenhum. Interessante! O tempo passou. Agora não só consigo imaginar como estou vivendo a quase três anos “nesta casa”...
Quantas coisas eu poderia mencionar para falar do tempo? 
Uma coisa bem certa sobre o tempo é que ele passa. Os dias bons passam e os dias maus também. Tudo passa.
Sabendo disso, fica mais fácil suportar os desafios (pois, vai passar) e é bom aproveitar os bons momentos da vida (porque eles também passarão). Assim, desejo à você meu caro leitor um ótimo dia. Aproveite-o bem sabendo que ele logo passará.