quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Cidade de Refúgio

Hoje estava vasculhando meu computador em busca de alguma mensagem que não houvesse ainda compartilhado com você através do blog. Aqui está! Espero que te seja útil neste dia. Um grande abraço e boa leitura.
[A bíblia nos fala de um homem chamado Abner, capitão de Saul. Abner matou a Aser (Asael, segundo outra tradução), por legítima defesa. Tendo cometido este homicídio, refugiou-se em Hebrom, uma das seis cidades escolhidas por Moisés para cidade de refúgio.
Para essas cidades deveriam ir os homicidas para aguardar julgamento da congregação, livre do sangue vingador.
Tendo Abner saído da cidade de refúgio, saiu-lhe ao encontro Joabe, irmão de Aser e vingou a morte do irmão, matando-lhe com a mesma morte, trespassando lhe o ventre.
Não tenho o que comentar a respeito de homicídio, mas gostaria de fazer um breve comentário á respeito de lugar de refúgio.
O salmista nos fala em vários de seus belos salmos sobre este refúgio. Em Sl.91:2 ele diz: “Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus em confio.”
Hoje acordei com essa palavra. O mais precioso em nossas vidas é sentir seguro. Em Deus somos protegidos, nossos sentimentos, nossas ações, nossos corpos, nossos pensamentos... tudo está completamente seguro. Não há estress, não há cansaço, tudo está equilibrado.
Veja bem, quantas vezes fazemos como Abner, saímos do nosso lugar seguro. São as atividades do dia, os estudos, o trabalho, o transito, as dívidas e tanto mais. Coisas de homem que vão nos distanciando milímetros a milímetros da nossa cidade de refúgio.
Saímos atrasados para estudar, não tiramos tempo para ler a bíblia, orar. Termina o estudo vem o almoço e mais uma vez atrasados não temos tempo para sermos gratos a Deus e falarmos com Ele... precisamos ir para o trabalho e enfrentamos o trânsito e já a nossa paciência se esgotou, nossa capacidade de raciocínio já se enfraqueceu em partes com o estudo... nossa paz se foi com um almoço rápido demasiadamente e agora o trânsito nos faz cansar. Por quê? Qual a necessidade de estarmos impacientes? Por que se foi a nossa paz? Nosso intelecto está moderado, mas por qual razão?
Estamos nos desviando de nosso refúgio, se não fosse assim estaríamos vivendo Rm 15:5 que diz: “Ora, o Deus de PACIÊNCIA e consolação vos conceda o MESMO SENTIMENTO uns para com os outros , SEGUNDO CRISTO JESUS. Em Deus nossa paz não se perde, veja o que impera na cidade de refúgio: Jo 14:27 “Deixo-vos a PAZ, a MINHA PAZ vos dou. Não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
Você deve estar me perguntando se eu estou completamente paciente para escrever tais palavras, ou se completamente em paz para dizer lhe a respeito de paz. Lembra-se do que disse? Que amanheci com essas palavras? Primeiro veio a mim, depois quis compartilhar com você. Sei quanto é seguro estar em Deus, mas por vezes percebo meu coração impaciente, por vezes sem paz, por vezes acontece como descrevi. Contudo uma coisa é certa o meu refúgio e fortaleza é Jesus Cristo e dele não posso estar distante!
O mesmo Deus que nos dá a paz, a paciência... se encarrega de nos revestir de inteligência. Lembra-se de Daniel? Sadraque (Hananias), Mesaque (Misael) e Abede-Nego (Azarias)? Em Dn 1:17 diz: “Ora, a estes quatro jovens Deus deu o conhecimento e a INTELIGÊNCIA em TODA cultura e SABEDORIA. E Daniel tornou-se ENTENDIDO em todas as visões e em todos os sonhos.”
Lugar maravilhoso é estar na presença de Deus! Nosso refúgio. Não dá para distanciar... ele cuida de mim e de ti com muito amor!
Por fim o cansaço, um bom momento para ouvir o convite doce do nosso senhor nos chamando para a cidade refúgio. Mt 11:28 “Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.]

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

De volta em minha casa

Após 24 dias de passeio em Curitiba estou de volta em minha casa... 15 horas de viagem e muita coisa boa para contar.
Pude participar do retiro de jovens realizado no primeiro fim de semana em Curitiba no Colégio Militar o que foi uma grande festa com a manifestação da presença do nosso bom Deus. Ouvi boas palavras.
Também participei de cultos na A Igreja de Deus no Brasil localizada no Alto Boqueirão onde pude ouvir boas palavras e sentir a manifestação da presença de Deus.
Claro que também me alegrei e pude me sentir honrada com o convite de alguns irmãos para visitar suas casas e juntos nos alegrarmos assentados a mesa.
Foi uma alegria participar de recreação em pesque e pague, praia e shopings...
Obrigada Bispo Adan Alvear e missionária Heidi, Jane e Aline, obrigada também Ev. Adan e Michelle, Miriam Marta e Mauro, Cris, Adriane e família, Márcia Back, Isaura, por me receberem em suas casas...
Fiquei muito feliz por ter a comunhão com todos os irmãos e irmãs de Curitiba com quem tive contato.
Obrigada Cunhado Pr. Gerson e Miriam minha irmã querida e sobrinhos Nathanael e Jonathan por terem me agüentado este tempo todo. Foi bom estar com vocês.
E por fim para concluir minha estadia em Curitiba pude neste sábado passado presenciar a cerimônia de unção do rev. Adan a bispo. Muito me alegrei em rever meu amigo querido Pr. Jonathan e outros grandes homens de Deus como o bispo John e Robert Lambeth e outros pastores e líderes de A Igreja de Deus no Brasil. No domingo resisti um pouquinho mais a saudade de casa para estar em Paranaguá onde mais uma vez pude ouvir uma boa mensagem através do Pr. Jonathan que veio dos EUA para estar conosco. Parabéns Ev. Adan Gabriel pelo bom trabalho realizado.
Parabéns pr. Gerson pela igreja em Curitiba que está tão bonita e principalmente seguindo de fé em fé... Continue fiel ao chamado como até aqui você tem sido Sl. 126:6.
Obrigada Senhor por me conceder estes dias de passeio e comunhão. Estou agradecida e também feliz por estar de volta em casa.