sábado, 9 de janeiro de 2010

Veja Além da Casca


Gosto de assumir a responsabilidade da mesa de frutas em ocasiões especiais, embora não tenho tanta habilidade de cortes e modelagens de frutas, mas aprecio a combinação de texturas, cores e cheiros resultantes da mistura.

Estava me lembrando da farra dos jovens no mês de dezembro quando tivemos nossa confraternização de encerramento das atividades de 2009.

Decidimos que não teríamos frutas muito comuns em nossa mesa, afinal bananas, maçãs e mamão, são frutas que comemos a toda hora e a intenção era diferenciar aquela confraternização das outras que tivemos no decorrer do ano.

É claro que não esqueceremos daquele dia.

Rimos bastante, nos divertimos e agradecemos a Deus por tudo o que vivemos juntos no ano de 2009.

Relembrando desse evento, me veio à memória minha filosofia sobre o kiwi.

Em minha opinião é a fruta que se destaca entre todas outras que conheço.

Tem uma beleza incrível, sua textura, sabor e cheiro surpreendem.

O mais impressionante é que essa fruta enquanto inteira é uma das mais feias.

Paradoxo, não?

Como pode uma fruta ser a mais bonita e mais feia?

Basta um corte ao meio e descobrir do que estou falando.

Sua casca coberta de “micro pelos” de cor castanho-esverdeada esconde a beleza da polpa verde brilhante ou verde-amarelada que contém fileiras de pequenas sementes negras comestíveis.

Hummm... O sabor fica melhor com a beleza da fruta!

Descrevi tudo isso para dizer que todos nós temos uma beleza singular. Pode até estar escondido por trás de uma “casca”, mas existe!

Você tem qualidades e talentos que nem imagina.

Pare um pouco, pense, seja crítico de si mesmo e veja quanta beleza o Senhor Criador colocou dentro de você.

Vamos aprender a olhar além da “casca”.

Há muita coisa boa e bonita para ser apreciado e explorado por cada um de nós.

Bom Fim de Semana!

André Rodrigues Comentou:

Paz do Senhor!

Éh, vc realmente conseguiu trazer o ponto mais forte do kiwi: A BELEZA. Mas sobre a parte 'desprezada' do kiwi, a casca (que por sinal não é muito chamativa), descobri algo interessante: Ela é responsável pela longa durabilidade da fruta [até seis meses, condições favoráves]... Isso me faz lembrar do POTENCIAL que as pessoas têm; nem sempre é tão chamativo, mas pode conservar a parte mais bonita por um tempo que pouquíssimas pessoas conseguem fazê-lo... Mais uma vez volto na minha 'leitura': "Beleza, assim como Talento, não é tudo" rsrs!

Fique com Deus!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Não me Arrependo Nenhum Pouco - (Howard Goodman)

Este é um poema que li no mês de Dezembro e talvez seja uma boa leitura para você nessa quinta-feira.
De autoria do cantor e pregador norte americano Howard Goodman, (1921-2002), está escrito no livro Talento não é Tudo com autorização de publicação para John C. Maxwell.

"Sonhei muitos sonhos que nunca se tornaram realidade,
Eu os vi desaparecerem ao amanhecer.
Mas se concretizou o suficiente de meus sonhos
Para fazer-me continuar a sonhar.
Fiz muitas orações para as quais, ao que parecia, nenhuma resposta viria
Não obstante, esperei com paciência e por muito tempo.
Mas veio o suficiente de respostas para minhas orações
Para fazer-me continuar a orar.
Plantei muitas das sementes que caíram à beira do caminho,
Para que os pássaros se alimentassem.
Mas peguei em minhas mãos o suficiente de trigos dourados
Para fazer-me continuar a plantar.
Confiei em muitos amigos que me desapontaram
E me deixaram chorar sozinho.
Mas o suficiente de meus amigos agiu com lealdade
Para fazer-me continuar a confiar.
Bebi do cálice da frustração e da dor,
E passei muitos dias sem uma canção.
Mas bebi o suficiente do néctar das rosas da vida
Para fazer-me querer continuar a viver."

se quiser conferir o vídeo no YouTube onde o autor recita o poema
use o link abaixo.
http://www.youtube.com/watch?v=K6wD3yfAPKI

Tenha um bom dia!!