quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Vida Sem Cerimônia

Algumas passagens bíblicas conseguem prender minha atenção de maneira singular.
Uma delas está registrada no livro de II Reis cap. 9:3
Toma, então, o vaso de azeite, derrama-o sobre a sua cabeça, e dize: Assim diz o Senhor: Ungi-te rei sobre Israel. Então abre a porta, foge e não te detenhas.”
Esta foi a maneira como Jeú foi ungido rei de Israel.
Sem cerimônia.
Um amigo e pastor americano diz que o povo brasileiro é muito cheio de cerimônia.
Tenho que concordar, guardada as devidas proporções.
Fico aqui pensando o quanto somos dependentes de afirmações.
Queremos entender todas as coisas para depois nos posicionar a respeito de qualquer assunto.
Gostamos de estar a par de todos os detalhes para “nos preparar”.
Estou errada?
Talvez seja essa a razão de não conseguirmos viver 100% pela fé, uma vez que fé é “o firme fundamento das coisas que se esperam e prova daquilo que não se vê
Deus não fez uma reunião extraordinária com Jeú; não abriu um referendo para Isarel a respeito do assunto; não enviou uma comitiva e nem deixou testemunhas para seu ato.
A unção foi rápida, direta e SEM CERIMÔNIA!
Minha oração hoje é que ELE cumpra em nós seu propósito estabelecido desde a eternidade e nos ajude a viver sem dependência de cerimônias!
Porém, totalmente dependentes de seu amor, graça e misericórdia.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

La Parola del Signore


“Non lo sai tu? non l’hai tu udito? L’Eterno è l’Iddio d’eternità, il creatore degli estremi confini della terra. Egli non s’affatica e non si stanca; la sua intelligenza è imperscrutabile.
Egli dà forza allo stanco, e accresce vigore a colui ch’è spossato.
I giovani s’affaticano e si stancano; i giovani scelti vacillano e cadono,
ma quelli che sperano nell’Eterno acquistan nuove forze, s’alzano a volo come aquile; corrono e non si stancano, camminano e non s’affaticano.” Isaia 40:28-31

domingo, 21 de agosto de 2011

Assumir x Manter

"Quando você assume um compromisso, cria esperança. Quando você mantém um compromisso, cria confiança". J.C.M