sexta-feira, 22 de julho de 2016

Ele fala!

Sempre ao viajar de carro com minha família me deparo com a mesma cena. Paramos numa praça de pedágio e ouvimos meu pai dizer ao atendente: Já falou com Deus hoje? A próxima pergunta para uma resposta positiva é: E o que ele disse? Bem, muitas vezes a resposta positiva demonstra que a pessoa tem um pouco de fé. Ora ou reza ao levantar pela manhã. Mas, será que temos mesmo ouvido Deus falar conosco? Como Deus fala? Podemos ouvi-lo?
São perguntas interessantes, não? Por vezes nos tira da nossa zona de conforto. Temos escutado a voz de Deus? Temos recebido respostas para nossas orações ou diálogos?
Pensando nisso, gostaria de compartilhar e refletir com você sobre um texto que se encontra no livro de Jó cap. 33. Primeiramente devo dizer que sim, Deus fala conosco e de muitas formas. Leia o que Jó diz: “Por que razão contendes com ele, sendo que não responde acerca de todos os seus feitos? Antes Deus fala uma e duas vezes; porém ninguém atenta para isso. Em sonho ou em visão noturna, quando cai sono profundo sobre os homens, e adormecem na cama”. Jó 33:13-15
Aí está uma das muitas formas como Deus fala com o homem; através de sonhos. Se você for procurar na bíblia sagrada, encontrará varias ocasiões em que Deus se comunicou com o homem por esse meio. Não apenas falou como agiu de maneira espetacular a partir disso. Quer exemplos? Tenho alguns.
Comecemos por Jacó. Ele teve um sonho e ouviu Deus falando com ele confirmando a promessa de eleição de sua descendência. (Genesis 28) Ao despertar do sono e com temor, Jacó edificou um altar naquele lugar o chamando de Betel que quer dizer casa de Deus.
O próximo exemplo é o de José, mais conhecido como o sonhador. José teve sonhos e embora não tenha compreendido de imediato o que eles significavam, obteve conhecimento do que Deus faria, no futuro, através dele, por sua família. (Genesis 37) Ainda sobre a história de José veremos Deus falar em sonhos com Faraó (Genesis 41) e depois com Jacó (Genesis 46).
E o que dizer de Gideão? Ele havia recebido a missão de enfrentar os midianitas, porém, se achava incapaz. Ele fez provas com Deus. Foi maravilhoso como Deus respondeu suas provas. Mas, foi por causa de um sonho que ele conseguiu ter a confiança completa de que Deus havia garantido vitória sobre seus inimigos. (Juízes 7:13)
Mais para frente vemos Deus falando com Salomão. E aqui tenho que fazer uma pausa. Essa é a história que mais me encanta sobre este assunto que estou tratando. A história de Salomão é conhecida por muitos. Ela é contada de forma encantadora e ressalta sempre a inteligência, a sabedoria e a capacidade de julgamento que este rei teve. Porém, pouco se diz a respeito da forma como isso aconteceu. E você sabe como aconteceu? Sim, foi através de um sonho! (I Reis 3:5). Deus perguntou, através de um sonho, o que Salomão gostaria de receber, riqueza ou sabedoria? Salomão preferiu sabedoria e o resto da história nós conhecemos.
Bem, os exemplos não param por aí. Deus falou em sonhos com Nabucodonosor (Daniel 2), Deus falou em sonhos com Daniel (Daniel 7). Os reis magos foram orientados por Deus através de sonhos (Mateus 2), José, o pai de Jesus, também recebeu orientações através de sonhos (Mateus 1 e 2), a mulher de Pilatos reconheceu que Jesus era um homem santo por causa de um sonho (Mateus 27:19). Ufa! São muitos exemplos!
Fico pensando, e compartilho com você o meu pensamento. Por que será que Deus fala por meio de sonhos? 
Minha irmã uma vez sugeriu que talvez seja pelo fato de estarmos “desarmados”, relaxados. 
Faz sentido! Muitas vezes queremos que Deus fale, mas na verdade nos enchemos de justificativas, nos armamos com ressalvas, não nos encontramos dispostos a ouvir o que Ele quer nos dizer. Porém, quando dormimos nos aquietamos.
Que Deus maravilhoso! Quando ele quer falar, nada pode impedir! Ele tem os seus meios, suas formas, e isso me encanta!
Já ouvi Deus falando comigo em sonhos. É uma experiência muito gostosa! Como não se aquietar ao ouvir a voz de Deus? Ele pode, e certamente quer falar com você também! Peça e ele fará! (Números 12)

Nenhum comentário: