domingo, 2 de junho de 2013

Não são as jumentas!

Bíblia aberta. I Samuel cap. 9. O que temos? Uma história sobre jumentas? 
Aparentemente sim.
A história aponta um homem, sua riqueza e suas jumentas que se extraviaram. Ele envia seu filho e um servo para procurar por seus animais. Os homens saem na expectativa de encontrar as jumentas. Porém, vai-se o tempo e nada de encontra-las. O filho se preocupa com o pai e em não deixa-lo mais preocupado do que já estava. 
É uma descrição minuciosa sobre os animais perdidos e a busca até que o servo menciona um “vidente”. (Os profetas eram chamados de videntes anteriormente). Este homem de Deus poderia ser a solução no caso das jumentas perdidas.
O filho ouve o servo e se dispõe a ir de encontro com o vidente (profeta). 
Tudo até aquele encontro entre Saul (o filho) e Samuel (o vidente) parecia se tratar das jumentas perdidas. 
A partir do verso 14 a história tira o foco das jumentas... Não são elas as protagonistas. O principal personagem é Saul e seu chamado a rei de Israel. 
Parece uma história de humor. Por que esta história tinha que ser assim? Quem foi que colocou as jumentas nesta narração? Parece algo sem lógica. Parece “sem noção”. 
É. Pode ser. E quem disse que tem que ter lógica? 
Deus usou este caminho para levar Saul à presença do profeta Samuel para ser ungido rei. Ele poderia ter feito diferente, mas não fez. 
Sabe o que eu percebo?
Muitas vezes pensamos que a história tem a ver com o caminho que percebemos. Estamos olhando para as jumentas e pensamos que tudo tem a ver com elas, quando na verdade não são as jumentas.
Deus tem seus caminhos. Ele tem seus métodos e eles não coincidem com os nossos meios e métodos.
Isaias registrou esta informação no cap. 55 verso 8: "Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos", declara o Senhor”. 
Queremos entender os porquês. Queremos entender os caminhos que parecem tortuosos e incompreensíveis. 
Não precisamos!
Deus levou Saul a Samuel exatamente como tinha previamente avisado o profeta. Saul ainda não sabia, mas Samuel já estava esperando. Estava tudo certo. As jumentas já tinham sido devolvidas a Quis, pai de Saul. O plano de Deus aconteceu exatamente como ele projetou. 
E da mesma forma será com nossa vida. 
O caminho parece estranho? Olha para Jesus, Ele está no controle.
Nada pode frustrar os planos dele. Pode parecer inteligível para nós e mesmo assim estará em total concordância com os propósitos dele.
Confiemos em Deus e nos seus caminhos!

Nenhum comentário: