terça-feira, 18 de setembro de 2012

Quando o sinal está amarelo

Recentemente me submeti a uma sala de espera de um consultório odontológico enquanto acompanhava minha irmã. Novamente veio aquele sentimento...
Não gosto desse ambiente. Sala estreita. Assentos desconfortáveis. Mobiliário detonado amontoado num canto qualquer. Uma fonte de água artificial com foco de luz em um sapo?!? (O que era aquilo meu Deus!)
Paredes descascadas, uma TV pendurada acima quase no teto com antenas enormes, revistas desatualizadas jogadas numa mesa de canto. E claro... O som ambiente típico de um consultório odontológico. Aterrorizante!
Porque esperar tem que ser tão desconfortável?
Ah! Nunca vai encontrar nesse lugar um relógio. Monitorar o tempo de espera nesse ambiente é terminantemente proibido. Espera...
O sinal amarelo de um semáforo. O Pare de uma via. O apito de um guarda de trânsito. Uma resposta de um e-mail. Níveis de um elevador. Uma chamada telefônica...
Esses sinais são relativamente rápidos e temos certo conhecimento de seus intervalos. Nem sempre. É verdade! E mesmo assim é desconfortável.
Porém, há uma espera mais demorada. Uma espera que foge do nosso conhecimento. Uma espera do tempo que não é o mesmo que o nosso. É uma espera desafiadora para nós humanos, pois está intrinsecamente ligada ao tempo de Deus.
E o tempo de Deus não é como nosso como diz 2 Pe 3:8: Não se esqueçam disto, amados: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia.
Diferente de uma sala de espera o tempo de Deus nos aponta esperança porque Ele tem o controle de todas as coisas. E como bem reconheceu Jó no cap. 42:2 Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido”, também Salomão em Pv 19:21
“Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do SENHOR permanecerá”.
Gosto do que o salmista diz a esse respeito no salmo 139:16
Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir. E não exatamente nessa ordem: Tal conhecimento é maravilhoso demais e está além do meu alcance, é tão elevado que não o posso atingir(v.6).
Bem, sendo assim, mesmo não havendo um relógio espiritual disponível para consultarmos é possível descansar no Senhor.
Espere! Eu não disse fácil. Certo?
Durante o tempo de espera pode nos sobrevir ansiedades, temores e incertezas. É natural. Faz parte. E ainda assim há descanso para quem crê em Deus, mesmo nessas circunstâncias. Sua palavra nos diz em Rm 8:28 Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Na verdade gosto da observação que a bíblia NVI (Nova Versão Internacional) traz no rodapé: Alguns manuscritos trazem Sabemos que em todas as coisas Deus coopera juntamente com aqueles que o amam, para trazer à existência o que é bom, com os que foram.
Isso faz diferença, quem é sua companhia durante a espera. Se Deus está contigo e no controle de todas as coisas o difícil se torna tolerável e assim podemos dizer como Paulo em Fp 4:13 “Posso suportar todas as coisas naquele que me fortalece”.
Em resumo a palavra de Deus é uma boa companhia enquanto o sinal está amarelo.

Um comentário:

André Rodrigues disse...

Paz do Senhor!
Há uns dias, enquanto falava com uma pessoa no telefone, pude pensar em como tudo isto que você disse é verdade. Eu conversava com alguem que estava num baita 'sinal amarelo', mas ainda podia sorrir e ter voz alegre. Pensei em como alguém pode conseguir sorrir no meio de dificuldades, em como alguém pode ver luz no meio da escuridão, e como ainda pode dizer: "mesmo com tudo isto (lado negativo), POSSO TODAS AS COISAS (lado mais que positivo)!"

Que o Senhor continue te dando inspiração para anunciar tão preciosa salvação.

Abraços,
André Rodrigues.