quinta-feira, 30 de agosto de 2012

A importância do nome

Tudo começou quando tentávamos lembrar o nome de um ornamento no formato de pequeno disco que é usado para decorar roupas e acessórios.
Que nome te veio à mente? Lantejoula. Acertei?
Pois é... Já havíamos mencionado ele e estávamos quebrando a cabeça para nos lembrar de outro nome: paetê. Lantejoula é um ornamento comum em formato de disco com pequenos vincos que dá uma forma sextavada à peça e o paetê é um disco liso com furo no centro ou descentralizado e tem o mesmo objetivo, ornamentar uma roupa ou acessório. No fim, e de longe, é quase a mesma coisa. Está na moda e tem a função de dar brilho ao tecido.
A lantejoula é popular enquanto o paetê é mais glamouroso.
Seguimos com aquele assunto, a importância do nome.
Já notou como um nome chama a atenção? Aumenta expectativas!
Lembrei-me do curso de culinária e gastronomia para executivos do Senac que eu e minha mãe freqüentamos. Uma observação importante daquele aprendizado foi justamente a nomenclatura dos pratos, técnicas, ingredientes e utensílios.
Após o curso passei a prestar mais atenção ao comportamento das pessoas em relação aos nomes. As pessoas parecem apreciar muito mais uma comida com um nome interessante. É chic!
O que vai querer para comer?
Para a entrada Bruschetta a La Marguerita, para prato principal Risoto de Gorgonzola e Salmão Grelhado com salada Caesar para acompanhamento e para sobremesa Petit Gateau com sorvete de creme e calda de maracujá.
Deu água na boca? O nome faz diferença ou não? Tal como o visual!
Podemos dizer então que além de comer com a boca, comemos com os olhos e incrivelmente com os ouvidos!
Seguindo... Qual a sua formação?
Está aí uma coisa que evoluiu no quesito nomenclatura. Não se responde mais essa pergunta com a simplicidade de antes. Existe até uma sátira com essa temática, mas não vou explorá-la.
E os nomes próprios?
Meu nome por exemplo. Daphnne é de origem grega e significa: digna de honra. São poucas as pessoas que o escrevem corretamente. Às vezes tenho problemas com documentação por conta dele, as pessoas querem corrigi-lo acrescentando alguma vogal, depois do famoso “ph”. Meus pais foram muito felizes em me dá-lo. Valeu Ivonete, sua sugestão foi 10!
Amo meu nome e seu significado. Lembro-me que no dia que fui aprovada no exame de direção para obter uma CNH foi o meu nome que me fez relaxar daquela tensão. A primeira observação que o examinador fez foi justamente sobre meu nome e seu significado. Quando demonstrei nervosismo ele me fez lembrar o meu nome. Foi incrível!
Não tenho a intenção de falar sobre marketing pessoal ou o poder da marca. Mas a associação é muito forte na política por exemplo. Basta andar pelas ruas da cidade nessa época do ano para notar isso. Os candidatos a eleição adoram brincar com nomes. Tem cada um por aí!
Outra categoria que adora um nome diferente é a dos artistas. Mas aí é questão de arte... Ou não!
Enfim, como para tudo que há também existe um nome, vamos seguindo a vida com criatividade e responsabilidade. Por favor, né! Algumas pessoas não observam essas coisas. Porém, o nome tem muita importância... O nome que se dá para um filho, um produto, um negócio... Pense nisso!

Um comentário:

Débora Polycarpo disse...

Kkkkkk Bom dia Daphnninha... Você e suas deliciosas observações um tanto polêmicas.
Também, penso assim. Amo meu nome!! Seu significado “Abelha” me agrada e motiva. Gosto de falar aos outros sobre isto. Polycarpo também, “Que dá muitos frutos”. Talvez, seja por gostar de palavras que me preocupo com temas para os eventos, simples ou não, com títulos nas postagens. Certo que nem sempre agradam a todos, já que às vezes não compreendem o porquê de tal escolha. No entanto, tenho aprendido que um nome faz grande diferença. Valeu!!!
Só pra você saber...
Fiz uma resenha da sua postagem “Em algum lugar na prateleira” e a afixei no local onde tomamos o café da tarde no meu serviço. As professoras gostaram. Uma me disse que se identificou com a mensagem. Um livro cheio de potencial jogado num canto qualquer da prateleira da vida. Então, pudemos conversar um pouco sobre isto. Tenho divulgado seu livro. Ah! Presenteei uma amiga que me disse que seus dois filhos adolescentes leram e disseram que o livro era ótimo.
Bom fim de semana pra ti.