Pular para o conteúdo principal

Uma porta chamada "QUERER"

Tenho observado ao longo dos anos, vidas serem transformadas.

Pessoas que fizeram uma conversão no caminho da vida em um dado momento conseguiram superar seus traumas, receber a cura da alma e do corpo, alavancar a carreira profissional, pagar suas dívidas e tantos outros resultados significativos.

Tenho aprendido a observar o comportamento humano e tentar melhorar meu modo de vida. Inevitavelmente cheguei a uma pergunta: Qual é a atitude eficaz para essa reviravolta?

A resposta é simples: QUERER.

O dicionário define o verbo: Ter a intenção ou vontade de;...

A meu ver esse é o primeiro passo significativo para a mudança na vida de qualquer pessoa. O querer abre portas.

Não existe nada mais exaustivo que tentar ajudar uma pessoa a superar seus traumas quando esta não quer abrir o coração e jogar para fora suas angustias e aflições ou uma pessoa que está endivida até o pescoço a pagar a suas dívidas quando esta não quer enfrentar o trabalho que poderá lhe render condições de quitar suas dívidas ou ainda uma pessoa que deseja um ministério na igreja quando esta não está disposta a consagrar-se ao Senhor, jejuar e orar. Toda ajuda se torna vã quando não encontra o “querer”.

Ao contrario disso, nada mais gratificante que ajudar aquele que diz: “eu quero”.

Quando o jovem rico, descrito na bíblia, encontrou-se com Jesus perguntou o que deveria ser feito para obter a vida eterna.

Jesus prontamente respondeu seu questionamento.

Porém a resposta fez com que o jovem se afastasse com pesar no seu coração porque para obter a salvação de sua alma dependeria amar a Deus acima de sua riqueza. Como resposta à sua decisão de amar a Deus foi proposto que ele se desfizesse de seus bens. Mas ele não quis.

Outra passagem bíblica diz a respeito de um homem leproso que ouviu Jesus se aproximando e tomou uma atitude. Arriscou clamar por sua saúde. Interrompeu Jesus e lhe questionou: Senhor, se quiseres, podes me limpar.

Aquele homem sabia que Jesus podia, mas tudo dependia de sua vontade. Ele não estava a fim de questionar a vontade divina, portanto independente da resposta ele clamou a Deus, submetendo-se a autoridade de Jesus.

Para sua alegria, Jesus respondeu com graça e misericórdia à sua interrupção: Quero, sê limpo!

Amigo, eu e você precisamos nos submeter à vontade divina, mas precisamos entender que muito do que Deus quer nos dar não recebemos porque simplesmente fazemos como o jovem rico. Nosso “querer” está direcionado em coisas muito inferiores diante do que Deus tem para nós.

Que hoje tenhamos a disposição de responder para Deus: Senhor, eu quero a tua ajuda!

Não importa o que enfrentarei daqui para frente, quero me submeter à tua vontade porque eu QUERO vencer contigo! Eu QUERO superar as barreiras. Eu QUERO conhecer o invisível, alcançar o impossível.

Tenha um bom dia!

Comentários

Lú... disse…
"querer". Quase não damos o valor que essa palavrinha merece.
Mas meditando em tudo que vc escreveu fiquei pensando..."Se alguém nos tranca em um cômodo escuro e fechado, qual a nossa reação e atitude? QUEREMOS sair, e para isso, não esperamos ninguém vir até nós, mas começamos imediatamente a pensar em uma forma de SAIR daquele lugar. E AGIMOS rápido porque QUEREMOS sair daquela situação. Mas porque nas nossas vidas nem sempre é assim!!As vezes até falamos que QUEREMOS sair de tal situação, mas o que fazemos para isso??
Na vida espitual da mesma forma QUEREMOS mais e mais de Deus e como vc disse, ahhh mas não queremos nos sacrificar pra isso.
Como vc postou uma vez existe uma distância entre o QUERER e o REALIZAR (+/- isso se não me engano)e essa distância começa com essa porta que ninguém pode nos empurrar a ela é a porta chamada "QUERER". Uma porta que nao abre com apenas uma palavra mas com atitudes de alguém que realmente quer.
ABRAÇOSSSSSSSSS cunhada!
gostei muito da reflexão...Viajei bastante!
Lú...
daphnne muito boa essa reflexão,deus tem usado a sua vida em palavras através do blog.Pude pensar bastante e ver a confirmação de deus para alguns propósitos dessa semana atravès destas palavras..."QUERER" uma palvra tão pequena e as vezes sem valor(como disse a irmâ Lucimeire)mas que move tudo.Abraço pra vc e continue escrevendo e abençoando vidas!
André Rodrigues disse…
Paz do Senhor!

Então... Apesar da demora, não deixei de comentar kkkk.
Como disseram a Lu e Lorraine, QUERER significa muito em qualquer coisa que vamos fazer. Há pessoas que simplesmente fazem, mas há outros que fazem "com todo o coração". Há pessoas que têm Talento, e outros, Talento Extra (esse vc lembra? rsrsrs). O nosso diferencial será exatamente esse: o querer, a disposição para fazer MAIS e MELHOR.

Boa reflexão, fique com Deus.
Josilene disse…
Ei....perai, apesar de super atrasada no comentário...EU TAMBÉM QUERO!!!rsrsrs
Essa palavra tem um peso mais do que significante...afinal é ela que defini a realização ou não de muitas coisas em nossas vidas. Por isso, prontamente digo:eu quero! quero vencer, quero realizar, quero superar,quero...quero...quero...

Abraços

Postagens mais visitadas deste blog

O que aprendo com a gazela?

Convidada para pregar no culto de encerramento das atividades (2013) do grupo Dorcas (grupo de mulheres da AIDB-Uberlândia), me senti motivada a estudar a história desta personagem bíblica que inspirou o nome do grupo. Quem foi Dorcas? O que seu nome significa? Quais seus valores? Porque sua história motiva outras mulheres que trabalham na obra do Senhor?
O nome apresentado na história bíblica é Tabita e sua história é apresentada no contexto de sua morte. Estranho, não?
A narrativa se encontra no livro de Atos, cap.9 à partir do verso 36. E assim começa a descrição dos fatos: “E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto”.
Para um “leitor dinâmico” estes dois versos resume toda a história. A mulher existiu, era uma mulher de boas obras, ficou doente e morreu (ponto!). Porém estes dois versos mostram ape…

Encontre a resposta!

Palavras e imagens sempre foram objetos da minha curiosidade. Talvez esta seja a razão porque gosto de fazer palavras cruzadas, montar quebra-cabeça e resolver exercícios de lógica.  Recentemente me vi num entrave com um exercício de lógica. Quatro imagens propunham uma palavra com seis letras. A primeira imagem era de um ovo, a segunda de um bolo de aniversário, a terceira de um cachorro e a última de uma prateleira de sapatos. Fiquei por muito tempo tentando achar a lógica daquele exercício. O que tem em comum um ovo, um bolo, um cachorro e sapatos?  Tentei várias palavras e nada. Deixei o exercício de lado por algumas vezes na esperança de voltar com uma solução. ‘Quebrei a cabeça’ com aquele enigma. Estava procurando uma ligação das imagens até perceber que a lógica estava na cor e não nas imagens em si. Mudei o foco para a cor e facilmente preenchi os espaços com as letras. Interessante como fixamos os olhos no problema e deixamos de perceber a solução bem diante dos nossos olhos. Nã…

Falando sobre "Lagar"

O que Gideão fazia no lagar? Se sua resposta foi diferente de "malhando trigo" acho que não está familiarizado com a história deste homem, pois, era exatamente isso que ele estava fazendo. Mas... para que serve um lagar? Afinal de contas... onde é que se malha o trigo? Bem, não me incomodo se essas perguntas nunca lhe passaram pela cabeça. Porém, desde minha última postagem no blog tenho meditado sobre essa passagem bíblica. O lugar correto para se malhar trigo chama-se Eira que segundo o dicionário quer dizer: extensão de terreno limpo e batido, ou lajeado, onde se secam, malham, trilham e limpam cereais e legumes; Sabe porque Gideão preferiu malhar o trigo num lagar? Ele não estava disposto a perder o seu sustento para os Midianitas. Por algum tempo os midianitas consumiam todo o alimento produzido pelos israelitas. Não somente as suas plantações eram destruídas mas também o seu rebanho. Muito bem, vamos voltar ao lagar... Segundo o dicionário lagar é: tanque onde se espremem ou p…