terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Sua opinião por favor?

Eu tinha vontade de compartilhar meus textos com outras pessoas. Comecei fazendo isso em folhas impressas nos anos 90. Isto parece ter acontecido a muitos anos, porém, para mim foi a pouquíssimo tempo. 
Criei um grupo, que compartilhava a mesma fé que eu, na escola. Nós aproveitávamos o intervalo para cantar, orar e refletir sobre a palavra de Deus. Escrevia um cartaz para divulgar nossas reuniões e colava no mural da escola. Naquele cartaz, que se parecia com um informativo, eu escrevia meus textos. Foi assim o começo. Não sei o quanto foi eficaz, mas eu tentei. Como disse, nunca soube o resultado daquele informativo. Apenas soube que algumas pessoas liam. Nada mais.
Foi então que a internet se firmou e eu aprendi, com a ajuda do meu cunhado, a utilizar os recursos de internet. Mas, o blog só começou em 2007.
Comecei a escrever no blog. Postei muitas mensagens até agora e tive resultados maiores do que com os informativos obviamente. Sei de muitas pessoas que foram tocadas pelos textos. Sei que fiz pessoas chorar, sorrir, se irar e refletir. Eu cheguei a publicar um livro com alguns dos textos mais lidos. Foi uma experiencia boa. Não tenho dúvidas!
Foi então que vieram as redes sociais e os acessos ao blog diminuíram significativamente.
Hoje escrevo me perguntando se deveria continuar? 
Quantas pessoas se interessam em ler um blog? Quantas pessoas procuram este recurso para encontrar uma palavra de ânimo, encorajamento e reflexão?
Ainda vale a pena escrever e "jogar na rede" os meus pensamentos? 
Eu definitivamente não sei a resposta.
O que eu sei é que a palavra escrita continua tocando o meu coração. Compartilhar a minha fé é algo que faço com prazer. Confio em Deus e sei que ele é maravilhoso, e eu realmente gostaria que todos soubessem o mesmo. 
O que você me diz?

2 comentários:

Miriam disse...

Oi. De fato não sei se o blog não está com os dias contados... Sei que você deve continuar a escrever seja no facebook ou outro meio que surgir. Seus pensamentos refrescam os meus. Te admiro muito como escritora .

Juliana Moreno disse...

Oi Daphnne,

Eu gosto de passar aqui e e ler as suas reflexões!
Sempre me levam a pensar mais também...
Continue!