segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Não há preço que pague as realizações pessoais!

Ano novo, vida nova! Será? O que faremos de novo? Ou faremos tudo de novo? Hummm esse não é um jeito bom de começar uma reflexão...
Então, para começar bem, recorri ao histórico de postagem do blog e encontrei o que queria; uma postagem que fiz em 25 de outubro de 2009 onde eu mencionava um trabalho realizado com o grupo de jovens da igreja. Naquele ano eu estava na liderança e estava impulsionada pelo tema “potencial”. Falei muito sobre o assunto e propus para cada jovem escrever num papel o que eles gostariam de realizar nos próximos anos. Lembro-me de vários “sonhos” escritos no papel naquele dia. 
Alguns jovens tinham sonhos semelhantes e posso descrever três sonhos recorrentes aqui: faculdade, casamento e viagem ao exterior.
Eu tenho o maior prazer em dizer que a maioria daqueles jovens realizaram seus sonhos. Presenciei o casamento da maioria deles. Acompanhei a correria acadêmica de alguns e a realização de sonhos distintos de outros. 
Minha alegria ao olhar para trás é saber que de uma forma ou de outra eu contribui para que os sonhos saíssem do papel. Qual a porcentagem da minha participação? Não me interessa! O que me interessa é saber que motivei que incentivei e pude ver sonhos se realizando.
Naquele dia eu escrevi no papel alguns sonhos também. Desejei escrever um livro, desejei uma pós-graduação (eu havia recém me graduado) e também coloquei na minha lista uma viagem para o exterior. Sonhos ousados naqueles dias, mas com o tempo eu os realizei. 
Em 2011 lancei meu livro chamado “Crônicas Reflexivas”, em 2013 concluí minha pós-graduação e no final de 2015 fiz minha primeira viagem internacional. Minha lista está completa e agora, tenho um ano novinho para escrever minha história.
O que tenho alcançado, tenho alcançado debaixo da graça de Deus, da aprovação e apoio da minha família e de alguns anjos que Deus coloca em minha vida. 
Se eu posso incentivar, por que não fazer? Se posso apoiar quem sonha por que não apoiar? 
Pegue o papel! Faça planos! Sonhe! Conte novas histórias! Seja uma pessoa realizada!

Nenhum comentário: