domingo, 15 de julho de 2012

5 meses há agora...

Escolhas que fazemos...
Já dizia o ditado que a vida é feita de escolhas. Só não sei por que as recomendações não o acompanham.
Por exemplo:
- Escolhas têm preços – e preços altos (já disse isso antes)
- Escolhas são feitos individuais – ninguém pode fazê-las por você.
- Escolhas são irrevogáveis e possuem alta capacidade de mudança no meio – não tem como voltar atrás.
Pois bem. Vivendo o resultado de uma escolha percebo quanto amo minha família e quanto cada um faz tanta falta!
Percebo que o sol tem muito mais calor do que aparenta – tem “calor emocional” e é capaz de mudar o humor das pessoas. Percebo tendo como perspectiva o céu nebuloso. Quanta falta faz os raios do sol!
Percebo que idealizamos muitas coisas na vida e, só vivendo é que podemos compreender que tudo por mais belo que aparenta ser tem suas imperfeições.
Fé sem exercício para nada adianta.
As pessoas nunca conseguirão nos entender até porque, nós mesmos não chegamos a esse nível de conhecimento – somos imprevisíveis.
Fazemos muitas coisas que não gostamos e por muitas razões e deixamos de fazer o que gostamos por muito mais razões ainda.
Algumas pessoas adquirem bens e outras pessoas conhecimento e nessa balança não há julgamentos, apenas escolhas.
Não adianta olhar para o relógio na esperança que as horas vão passar. Quanto mais ocupado você estiver mais vai parecer que o relógio cooperou.
... E assim o tempo vai passando.
Vivendo e aprendendo. Fazendo escolhas, tomando decisões, adquirindo conhecimento. Acumulando experiências...
E quando se percebe já se foram cinco meses, daqui a pouco será lembrança de algo que passou e outras escolhas estarão à porta para serem feitas...

Um comentário:

Débora Polycarpo disse...

Você consegue de uma maneira tão singular ser aquela pessoa que diz coisas que nos movimentam por dentro. Arranca lágrimas de nossos olhos. Faz o coração disparar. E ficamos imaginando que você sabia um pouco de cada um de nós!!!! Ai!
Bjs