Pular para o conteúdo principal

Estéril Mãe de Filhos

O que pode barrar o agir de Deus?
O tempo corrido pode afastar-nos de viver as promessas de Deus?
As complicações que surgem pelo caminho podem dificultar as realizações dos seus planos?
Quanto mais o tempo passa mais percebo o quanto Deus é excelente.
Mais percebo sua soberania. Parece gostar de desafiar-nos a fim de nos mostrar o seu poder.
O tempo parece frustrar as promessas de Deus, mas na verdade nos faz abrir os olhos para contemplar suas maravilhas.
Volto no tempo e na leitura de onde posso tirar esperança e o que vejo?
Abrão e sua esposa, ainda “jovens”, recebem uma promessa maravilhosa.
Caminham por terra estranha enquanto os anos passam. O plano de ter um filho é provado enquanto seus corpos sofrem as transformações da vida. Passado o tempo fértil do casal o que se tem é um filho ilegítimo. Ciúmes e contendas se levantam tornando mais desafiador o cumprimento da promessa. Mas nada é demasiadamente difícil para Deus. O que ele diz resiste a tempo e qualquer barreira.
A promessa confiada a Abraão era a de que ele seria pai de uma grande nação. O tempo passa e nasce Isaque.
Agora fica mais fácil gerar filhos. É o que qualquer leitor desatento pode pensar, mas não é isso que vemos.
Isaque casa-se com Rebeca e veja só: Rebeca é estéril.
Como podem vir descendentes de uma estéril?
Mais um filho ilegítimo deve nascer para que assim haja possibilidade do que Deus prometeu acontecer? Não!
Isaque ora a Deus com insistência e Deus lhe ouve.
Nasce Jacó. Chega seu tempo de amores e casa-se com Raquel.
Pronto! Agora sim... Vai acontecer um reboliço. Jacó será a resposta para uma grande nação. Afinal já passou tempo demais para que se cumprisse a promessa. Isso é o que eu e você podemos pensar. Nós temos o desafio chamado tempo.
Mais uma estéril aparece na história.
Que situação!
Porque esses homens amaram mulheres estéreis? Porque Deus não os fez amar mulheres férteis? Onde estava Deus que não impediu que situações adversas cruzassem o caminho da sua promessa?
Ah! Que maravilhoso Deus é! Ele tem o controle de todas as coisas e nada pode impedir o seu agir! Nada foge de seu propósito.
Passaram-se os anos, vieram os desafios, passou o tempo de fertilidade, as promessas pareceram desafiadoras e distantes demais para cumprir, mas Deus fez o impossível, do ponto de vista dos homens, acontecer.
A estéril deu filhos. As promessas “nasceram”.
A história se repete no novo testamento quando a expectativa era a vinda do Messias. O anunciador de seu nascimento foi gerado de uma mulher estéril.
Quando o anjo entregou a promessa a Zacarias fez questão de assegurar de que o tempo de espera por um filho não fora tempo demais. Não era tarde demais para ter prazer e alegria. O tempo passou, mas isso não era impedimento para o agir de Deus. Isabel já não estava no seu tempo fértil. Mas o que é a esterilidade para Deus?
Ele faz da estéril mãe de filhos.
Você sente como que uma estéril em suas realizações?
Deus fará “nascer” o que prometeu e você verá que não é tarde demais para ter prazer e alegria.
Confie em Deus e continue em obediência. Certamente ele não te esqueceu.

Comentários

Josilene disse…
Se sentir como uma estéril!!!Quem nunca se sentiu assim? E o tempo...claro que ele "assusta"!
Mas, nada como lembrar momentos gloriosos na vida de tantos homens e mulheres de Deus para vermos que ainda há esperança.
Mesmo que tudo pareça contrário no "caminho" da realização dos nossos sonhos, devemos ter a certeza...SEMPRE...de que há um Deus poderoso no controle de tudo!

Abraços
Miriam disse…
Oi, sou sempre sua fã!! Deus tem entregue a você boas mensagens para compartilhar conosco. Lendo sua postagem quis compartilhar o hino "confio em teu amor", com você e seus seguidores. http://www.youtube.com/watch?v=nJJ-n2JBfpM
um abraço, sua irmã que te ama, Miriam
Elizeu Freitas disse…
Olá boa mensagem realmente acontece coisas nas nossas vidas que faz agente pensar em desistir mas como foi dito não a tempo e nem barreiras que possam impedir o agir de Deus.
É sempre bom saber que temos um Deus que nada pode impedir o seu agir
André Rodrigues disse…
Paz do Senhor!
Tenho pensado numa coisa que vc disse há uns dias, sobre o 'seu ano': RESULTADOS, SIGNIFICADOS!
E lendo esta postagem penso que é bem provável que até alcançar esses resultados, muitos desafios serão vencidos... Muita coisa vai tentar me barrar... Mas tem uma coisa: "O meu Deus é forte, justo e verdadeiro, Príncipe da paz, me amou primeiro. É fiel comigo, sempre meu amigo, mesmo eu sendo falho, fraco e pecador sempre me amou."
O Senhor abrirá a madre da estéril, e cumprirá em nós o seu querer.

Abraço, fique na paz do Senhor Jesus!
Anônimo disse…
Você me fez chorar, menina. Mas também fez renascer em mim a esperança de "filhos" e de verem se cumprir em mim promessas que só Deus pode realizar!
Obrigada,
Michelle Alvear

Postagens mais visitadas deste blog

O que aprendo com a gazela?

Convidada para pregar no culto de encerramento das atividades (2013) do grupo Dorcas (grupo de mulheres da AIDB-Uberlândia), me senti motivada a estudar a história desta personagem bíblica que inspirou o nome do grupo. Quem foi Dorcas? O que seu nome significa? Quais seus valores? Porque sua história motiva outras mulheres que trabalham na obra do Senhor?
O nome apresentado na história bíblica é Tabita e sua história é apresentada no contexto de sua morte. Estranho, não?
A narrativa se encontra no livro de Atos, cap.9 à partir do verso 36. E assim começa a descrição dos fatos: “E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto”.
Para um “leitor dinâmico” estes dois versos resume toda a história. A mulher existiu, era uma mulher de boas obras, ficou doente e morreu (ponto!). Porém estes dois versos mostram ape…

Encontre a resposta!

Palavras e imagens sempre foram objetos da minha curiosidade. Talvez esta seja a razão porque gosto de fazer palavras cruzadas, montar quebra-cabeça e resolver exercícios de lógica.  Recentemente me vi num entrave com um exercício de lógica. Quatro imagens propunham uma palavra com seis letras. A primeira imagem era de um ovo, a segunda de um bolo de aniversário, a terceira de um cachorro e a última de uma prateleira de sapatos. Fiquei por muito tempo tentando achar a lógica daquele exercício. O que tem em comum um ovo, um bolo, um cachorro e sapatos?  Tentei várias palavras e nada. Deixei o exercício de lado por algumas vezes na esperança de voltar com uma solução. ‘Quebrei a cabeça’ com aquele enigma. Estava procurando uma ligação das imagens até perceber que a lógica estava na cor e não nas imagens em si. Mudei o foco para a cor e facilmente preenchi os espaços com as letras. Interessante como fixamos os olhos no problema e deixamos de perceber a solução bem diante dos nossos olhos. Nã…

Falando sobre "Lagar"

O que Gideão fazia no lagar? Se sua resposta foi diferente de "malhando trigo" acho que não está familiarizado com a história deste homem, pois, era exatamente isso que ele estava fazendo. Mas... para que serve um lagar? Afinal de contas... onde é que se malha o trigo? Bem, não me incomodo se essas perguntas nunca lhe passaram pela cabeça. Porém, desde minha última postagem no blog tenho meditado sobre essa passagem bíblica. O lugar correto para se malhar trigo chama-se Eira que segundo o dicionário quer dizer: extensão de terreno limpo e batido, ou lajeado, onde se secam, malham, trilham e limpam cereais e legumes; Sabe porque Gideão preferiu malhar o trigo num lagar? Ele não estava disposto a perder o seu sustento para os Midianitas. Por algum tempo os midianitas consumiam todo o alimento produzido pelos israelitas. Não somente as suas plantações eram destruídas mas também o seu rebanho. Muito bem, vamos voltar ao lagar... Segundo o dicionário lagar é: tanque onde se espremem ou p…