quarta-feira, 29 de julho de 2009

Experiência

Acho que talvez eu esteja analisando demais a área de RH.
Dou conta disso no momento que me vejo pensando sobre um item contido num Currículo; Experiência.
Ali estão reservadas algumas linhas para que você descreva toda a sua prática de trabalho.
É a oportunidade de o candidato descrever tudo aquilo que sabe fazer e preferencialmente sua habilidade para o cargo desejado.
Bem, esse é um momento especial, pois fará com que o individuo se lembre de todas as vezes que passou por testes, todas as vezes que recebeu treinamento e todas as vezes que se viu diante de adversidades superadas após permanecer firme nos seus propósitos em determinado emprego.
Mas não é somente em salas de RH que você precisa se lembrar das suas experiências. Temos muito mais “práticas da vida” para ser trazidas á memória do que apenas aquelas exercidas num trabalho.
Para que serve as experiências de vida?
As experiências da vida são para nos lembrar de que passamos por tribulações, mas que por causa de termos permanecido firmes e constantes recebemos um treinamento que nos qualificou e nos fez avançar em nossos projetos e sonhos. Estes “ensaios” nos fez ter esperança de que alcançaríamos nossas metas.
Porém a vida não oferece apenas uma ou duas adversidades qualquer. Novos desafios surgem no decorrer de nossa caminhada. Por isso, precisamos das experiências!
Assim, lembrando de nossas experiências, tomamos fôlego e nos animamos de novo. Entendemos que se fomos capazes de superar um desafio ontem por causa da perseverança também somos capazes de receber qualificação hoje e assim podemos vencer.
Você precisa de esperança hoje? Você pode exercitá-la!
Pegue um papel em branco. Descreva suas experiências de vida. Descreva o que te motivou a permanecer firme naquela determinada situação. Descreva como conseguiu superar as adversidades da vida.
Experiência!
“...Não somente isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não traz confusão, porque o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” Rm. 5:3-4

Um comentário:

Fernanda disse...

Sua reflexão foi uma benção.

Teve sucesso ao escolher o tema e finalizou maravilhosamente através da Palavra de Deus, provando mais uma vez que nosso Deus se preocupa em ensinar tudo aos seus filhos e isso através da sua Palavra e do seu Espírito.

Abraços e até logo.
Irmã Fernanda Lourenço