segunda-feira, 11 de maio de 2009

Desafio Chamado Amor


Já pensou em juntar todos escritos sobre o amor?
Quantos seriam os livros, revistas, jornais e diários?
Bem, de uma coisa temos certeza, o assunto rende, não é?
Quinta-feira passada enquanto fazia minha leitura da bíblia sagrada em 1 João, me peguei surpreendida com o tema.
Concorda comigo que nós nos acostumamos com a vida, com nossos relacionamentos e até mesmo com aquelas picuinhas...
Naturalizamos o sentimento, naturalizamos a vida e pensamos que não temos deixado nada a desejar.
Porém,
Amor é muito mais que palavras.
Amor é muito mais que ações.
Amor é DESAFIO!
Desafio porque exige paciência.
Desafio porque exige a negação do ego.
Desafio porque não se baseia no reconhecimento.
Desafio porque não se baseia em trocas.
O amor sofre.
O amor requer fé.
O amor requer esperança.
Sendo assim, só podemos viver o amor se conhecemos a Deus. Ele é amor.
Existem apenas duas opções, ou amamos ou odiamos.
Dizemos com liberdade sobre o amor, mas quanto ao ódio... Há peso nessa palavra.
Por quê?
O temor a Deus nos conduz a obediência aos seus mandamentos e os seus mandamentos se resumem no amor.
Se não amamos somos considerados por Ele como homicidas.
Reconhecemos o erro no homicídio.
Entendemos que esse ato não agrada a Deus, aliás, não agrada nem a nós que somos falhos.
Negamos o homicídio com veemência. O que acontece então se colocamos esta palavra no lugar de ódio?
Você entende?
Deus é amor.
Seu amor não é condicionado ao sentimento que temos por Ele.
Falhamos, fracassamos, não pedimos seus conselhos, não buscamos sua presença, não lhe damos atenção.
Será que por isso ele deixa de nos amar?
Quando pecamos Ele nos perdoa. Quantas vezes Ele nos perdoa? Será que Ele não se fadiga? Será que não deixa de nos amar?
Não! Ele não.
Mas não amamos da mesma maneira, não é?
Cansamos de perdoar, cansamos daqueles que nos aborrecem, cansamos por não sermos reconhecidos.
Cansamos por diversas razoes, de maneira que deixamos de amar.
E se não amamos, que sentimentos temos então?
Qual é o sentimento contrário ao amor?
Você diz, nãooooooo. Não é ódio. Que sentimento é então?
Meu amigo, amar é desafio! Vamos encarar o desafio? Amar ainda é a melhor opção.

3 comentários:

Anônimo disse...

Realmente é um DESAFIO o sentimento chamado AMOR!
E vem seguido de uma responsabilidade portanto deveríamos pensar bem em dizê-lo a alguém...Não é verdade?
Uma responsabilidade porque ele não pode depender de trocas, nem de estado físico ou emocional, uma vez existindo e o sentindo em nós ele pode mudar de nome podendo de eros mudar para ágape e etc...mas não pode deixar de ser amor!
Pois o oposto dele é algo muito sério.
Aiai vc me faz refletir! rsrs!
Um beijo!
Ahhhhhhhhhh! AMO VOCê! rsrsrs
Que Deus continue fazendo de você essa pessoinha especial e sensível que você é...
Com carinho Lú...

André Rodrigues disse...

Falar de Amor é algo bem interessante...
Uma das palavras mais aceitas hoje em dia é AMOR; tem um lindo significado, leva a um bom lugar, mas na realidade ele não é 'vivido' pelas pessoas, ou pelo menos por grande parte delas!
Confesso que não sei tudo sobre AMOR, mas posso pensar em CRISTO como um ponto de referência. Alguem que simplesmente AMOU, que não QUESTIONOU se valia mesmo a pena passar por td aquilo, por aquelas pessoas que chamamos de NÓS!!! Um que obedeceu à risca o que diz 1º Cor. 13...
Deus nos agracie com o DESAFIO de AMAR, e mais, OPTEMOS por aceitar o desafio de AMAR!
Fik com Deus na Paz do Senhor Jesus Cristo.

Drik!! disse...

"DEUS PODERIA TER DITO PALAVRAS MÁGICAS PARA QUE OS PREGOS CAÍSSEM DO CRUCIFIXO, MAS ELE NÃO DISSE ISSO. ISSO É AMOR"
Ess é o verdadeiro amor de Cristo por nós.Um dos sentimentos mais maravilhosos, e o dom de amar q a cada dia possamos nos espelhar nesse amor e assim espalhar essa semente a pessoas carentes de amor.
Fica na paz
Bjus