segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Estava aqui pensando...
Sabe quando você tem um bebê nos braços e ele inseguro começa a chorar?
Qual é sua reação? Correr e devolvê-lo para a mãe, não é?
Pois bem, mesmo depois de crescidos precisamos entender que não há segurança senão estando nos braços do nosso pai.

Não sabemos como será o decorrer da nossa semana...
Talvez tenhamos muitos desafios pela frente.
Pode ser que estamos fazendo um "biquinho" de choro hoje,
então, o que fazer?
Correr para os braços do pai!
Somente nEle temos plena segurança...

" O temor do homem virá a ser laços, mas o que confia no Senhor está seguro. Pv 29:25"

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi amore...

Amei a postagem..muito bonitinho!!!
é verdade...nesses momentos de "biquinho" só nosso Papai do céu mesmo!

e que nem precisemos fazer "bico"...
mas dar boas gargalhadas nessa semana...
Fica com Deus!
um beijinho!
Lú...

Débora Polycarpo disse...

Olá querida Daphnne... amei a foto do bebê e mais uma vez vc falou pouco e falou bonito... Com certeza não é biquinho que eu faço é bocão mesmo, rsrsrsrsrsrsr. Mas que bom saber que nosso colinho está garantido, não é mesmo????

Anônimo disse...

Paz! Ótima reflexão e ilustração. É verdade...quantas vezes quando nossas forças parecem diminuir e, mesmo sem querer, nós fazemos inúmeros "biquinhos" e aquela carinha de choro que comovo qualquer um, quem dirá nosso Pai! É muito bom saber que neste, e em outros momentos, Ele está estendendo seus braços e nos oferecendo todo carinho e atenção.
Isso é maravilhoso!

Abraços
Josi