Pular para o conteúdo principal

Lembrando de uma canção e uma história

Bom dia!
Depois de algumas horas como prometido aqui vai minha "reflexão"...
Desde o fim de semana passado tem uma música em minha cabeça e que me fez "refletir" e gostaria de compartilhar com você.
A letra desta musica e a melodia são de autoria de Ana Paula Valadão e diz: "Ouve Senhor as palavras de afronta, escuta ó Deus o que diz o inimigo contra mim... se levanta para intimidar dizendo que o Senhor não me livrará..."
Lembrou?
Essa música "estourou" no meio evangélico ao relembrar uma passagem que aconteceu a Ezequias e a Jeruzalem e tem tocado meu coração durante estes dias que fiquei quieta (sem escrever).
Segunda e terça reli a história na bíblia e meditei a respeito.
É impressionante como a fé e a confiança em Deus despertava os inimigos de Israel, mesmo sabendo que não prevaleceriam contra o povo de Deus eles intentavam contra a fim de por a prova essa confiança que tinham.
Nessa ocasião assim como em outras o líder de Jeruzalem se vestiu de panos de saco e cobriu sua cabeça com cinzas em forma de humilhar-se diante de Deus. Seu clamor foi ouvido, sua humilhação foi recebida.
Mas hoje, não é necessário rasgar as vestes e nem tão pouco cobrir-se com cinzas.
A bíblia nos ensina que a um coração contrito Deus não desprezará!
Acontece que muitas vezes quando clamamos a Deus fazemos uma "cara de condenado" mas nosso coração precisa ser sincero muito mais que nossas expressões.
Existe um clamor que chega diante de Deus... aquele cujas palavras não são buscadas no "dicionário" mas são verdadeiramente expressão de nossas necessidades.
Ezequias quando orou mostrou a Deus que estava sendo afrontado por Senaqueribe e Deus quando respondeu a oração mostrou que a afronta não era contra Ezequias mas contra ele.
Quando nossa confiança é o Senhor, as afrontas que sofremos não são mais contra nós, mas Deus assume o controle da situação.
Se você consegue se lembrar da canção, cante hoje! Relembre essa história tão bem interpretada pela Ana Paula Valadão e de preferência leia a história na bíblia e assim medite sobre nossa postura diante de Deus.
O que toca o coração de Deus nesse dia chamado hoje? Nossas vestes rasgadas e cabeças cobertas com cinzas ou um coração quebrantado?
Seu clamor pode ser respondido se seu coração estiver totalmente disponível para Deus!
BOM DIA!

Comentários

Anônimo disse…
Paz! Uaaauuu, mas uma vez eu digo, vale a pena esperar mmuuiiittooo tempo pela sua inspiração...kkkkk!
É muito bom quando meditamos em passagens como esta e vemos que diante das maiores afrontas que sofremos, o nosso Deus se coloca em nossa frente e vence por nós as nossas lutas! E é diante de situações como essa, e outras é claro, que nos inspiramos e encontramos as expressões que realmente tocam o coração de nosso Deus...expressões de amor, gratidão e, esperança.
Hoje é um dia em que meu coração se encontra, mais do que nunca, "aberto" para o Senhor Jesus e, assim, posso perceber o cuidar Dele em todos os aspectos de minha vida!!!

Abraços
Josi
Audrey disse…
Qerida Daph."Seu clamor pode ser respondido se seu coração estiver totalmente disponível para Deus!'Gostei muito dessa frase, e esses dias percebi isso tbm.Qd estamos disponiveis para Deus Ele nos honr e o nosso clamor é respondido.
Louvado seja Deus pela sua vida, continue com as mensagens!
abraços
Audrey
Anônimo disse…
Amada! Daphnne...
Passar por aqui e ler o que vc escreve, é mais que especial pra quem está de cá e recebe!
sem palavras....
Deus continue abençoando vc e que vc continue essa pessoa simplesmente especial...
Beijinho!
No amor de Cristo!
Lú...

Postagens mais visitadas deste blog

O que aprendo com a gazela?

Convidada para pregar no culto de encerramento das atividades (2013) do grupo Dorcas (grupo de mulheres da AIDB-Uberlândia), me senti motivada a estudar a história desta personagem bíblica que inspirou o nome do grupo. Quem foi Dorcas? O que seu nome significa? Quais seus valores? Porque sua história motiva outras mulheres que trabalham na obra do Senhor?
O nome apresentado na história bíblica é Tabita e sua história é apresentada no contexto de sua morte. Estranho, não?
A narrativa se encontra no livro de Atos, cap.9 à partir do verso 36. E assim começa a descrição dos fatos: “E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto”.
Para um “leitor dinâmico” estes dois versos resume toda a história. A mulher existiu, era uma mulher de boas obras, ficou doente e morreu (ponto!). Porém estes dois versos mostram ape…

Encontre a resposta!

Palavras e imagens sempre foram objetos da minha curiosidade. Talvez esta seja a razão porque gosto de fazer palavras cruzadas, montar quebra-cabeça e resolver exercícios de lógica.  Recentemente me vi num entrave com um exercício de lógica. Quatro imagens propunham uma palavra com seis letras. A primeira imagem era de um ovo, a segunda de um bolo de aniversário, a terceira de um cachorro e a última de uma prateleira de sapatos. Fiquei por muito tempo tentando achar a lógica daquele exercício. O que tem em comum um ovo, um bolo, um cachorro e sapatos?  Tentei várias palavras e nada. Deixei o exercício de lado por algumas vezes na esperança de voltar com uma solução. ‘Quebrei a cabeça’ com aquele enigma. Estava procurando uma ligação das imagens até perceber que a lógica estava na cor e não nas imagens em si. Mudei o foco para a cor e facilmente preenchi os espaços com as letras. Interessante como fixamos os olhos no problema e deixamos de perceber a solução bem diante dos nossos olhos. Nã…

Falando sobre "Lagar"

O que Gideão fazia no lagar? Se sua resposta foi diferente de "malhando trigo" acho que não está familiarizado com a história deste homem, pois, era exatamente isso que ele estava fazendo. Mas... para que serve um lagar? Afinal de contas... onde é que se malha o trigo? Bem, não me incomodo se essas perguntas nunca lhe passaram pela cabeça. Porém, desde minha última postagem no blog tenho meditado sobre essa passagem bíblica. O lugar correto para se malhar trigo chama-se Eira que segundo o dicionário quer dizer: extensão de terreno limpo e batido, ou lajeado, onde se secam, malham, trilham e limpam cereais e legumes; Sabe porque Gideão preferiu malhar o trigo num lagar? Ele não estava disposto a perder o seu sustento para os Midianitas. Por algum tempo os midianitas consumiam todo o alimento produzido pelos israelitas. Não somente as suas plantações eram destruídas mas também o seu rebanho. Muito bem, vamos voltar ao lagar... Segundo o dicionário lagar é: tanque onde se espremem ou p…