sábado, 23 de novembro de 2013

“Selfie”, "Braggie" e a minha preferida: Esperança!

A internet e consequentemente as redes sociais possibilitaram o surgimento de fenômenos nunca antes vistos, como mudanças de comportamento e personalidade, aceleração das informações, compartilhamentos de dados, o surgimento de novos hábitos e palavras.
Há 4 dias atrás uma palavra foi eleita pelo dicionário Oxford como a palavra do ano. “Selfie” a palavra de origem inglesa significa: uma fotografia feita por uma pessoa por ela mesma que por costume é publicada em rede social online.
Este tipo de fotografia se alastrou tanto que virou até música. (Apesar de que música no Brasil ultimamente não se pode ter em relevância - salvo as exceções – há muita coisa ruim sendo gravada – outra consequência da internet). Enfim, são muitas as publicações das chamadas selfie, os autorretratos que de deixa também exibem o aparelho usado para fotografar.
Por incrível que pareça o reinado desta palavra já ruiu. Isto porque outra palavra já começa a ultrapassá-la. 
Agora a moda é a prática do "braggie". O que significa postar uma foto na rede social com o único objetivo de causar inveja nos ‘amigos’ e seguidores. 
A pesquisa que estudou o fenômeno foi realizada no Reino Unido, mas os resultados apontados são globais. Basta acessar as redes sociais para perceber nestas fotografias suas verdadeiras intenções. (Eu sei que corro o risco de generalizar e ser injusta com esta afirmação). 
Porém, cada vez mais é possível perceber a fragilidade humana na tentativa de chamar a atenção, de exibir uma aparência, de exigir uma amizade, de forçar uma aceitação...
Seria a internet a grande vilã nos últimos tempos? Estaria esta ferramenta influenciando negativamente nossa sociedade? Ou será que ela apenas ressalta nossas fraquezas e com rapidez as propaga pelo mundo? Seria possível filtra-la e reter dela apenas o que é bom? 
Quais outras palavras surgirão nos próximos meses? Algumas delas exaltarão o bom caráter? Algumas delas exaltarão soluções humanitárias? Algumas delas exaltarão a amizade verdadeira? Algumas delas exaltarão o viver bem?
Bom, apesar de todas as perguntas uma palavra permanece a mesma e com o mesmo potencial... Esperança! Dizem por aí que ela é a última que morre... Então, prefiro me atentar para esta palavra. 

Nenhum comentário: