segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Chuchu com camarão

Num destes fim de semana estive com alguns de minha família em Morretes, PR.
Fomos almoçar num restaurante típico. O clima do litoral, um mormaço de “rachar mamonas”, lugar agradável, uma vista legal, a galerinha ali; tudo estava muito bom até que...
Com um sorriso cordial a garçonete nos oferece: Chuchu com camarão. Isso mesmo.
Bom, tenho que parar aqui para dizer como gosto de camarão e não é sempre que tenho a oportunidade de saborear este fruto do mar tão fresquinho. Por outro lado, não gosto de jeito nenhum do tal do chuchu.
Quando criança minha mãe tinha o poder de me fazer comer esse vegetal sem graça.
O negócio não tem gosto, não tem cheiro e a textura é desagradável (ao meu paladar). Não dá, é ruim mesmo com o melhor tempero do mundo!
Voltando ao prato oferecido a nós, me deu verdadeira repulsa. Como ousam misturar camarão com chuchu? Que desperdício!
Como era de se esperar o ocorrido ficou latejando na minha cabeça.
Chuchu com camarão. Vê se pode?!
Dizem que o chuchu por ser um vegetal neutro absorve bem o sabor de qualquer outra coisa, no caso o camarão. Porém a minha versão é que a neutralidade do chuchu põe o camarão a perder.
Entrei na internet e achei dezenas de receita do prato. Tem muita gente “acrescentando chuchu ao camarão”.
A neutralidade acrescentada a uma causa não agrega valor algum e, aliás, pode por a causa a perder.
Por favor, né?! Se for para acrescentar algo, acrescente o que pode valorizar a receita!

Nenhum comentário: