segunda-feira, 6 de junho de 2011

Só Mais Um Encontro Casual?

Estive pensando sobre encontros casuais - à primeira vista, claro.

A bíblia está cheia de histórias que relatam esses encontros que num primeiro momento parece acontecer por “obra do acaso”; acidentalmente.
Exemplo disso: o encontro de Rebeca com Eliezer, o servo de Abraão; o encontro do sacerdote Eli com Ana, no templo; o da mulher samaritana com Jesus, no poço de Jacó.
Quem poderia interpretar esses (e tantos outros) encontros como um “cenário” preparado por Deus para cumprimento de seus planos?
Rebeca teria saído de casa para ir ao poço encontrar um homem e oferecer água a ele e aos seus muitos camelos? Muito menos teria saído de casa para encontrar um casamento!
Eli teria saído do templo olhando de um lado para outro para encontrar uma mulher pranteando? Muito menos para entregar a essa mulher uma professia!
Ou, teria a mulher samaritana saído de casa naquele horário a fim de encontrar um judeu no poço de Jacó para com ele conversar e expor toda a sua vida?
Porém Deus preparou todos os "cenários" e os eventos para que tudo se cumprisse à sua maneira.
Ele direcionou Rebeca a Eliezer atendendo a sua oração.
Ele despertou em Eli o interesse de se aproximar de Ana para depois usá-lo como profeta.
Ele despertou sede na mulher Samaritana. (ele havia comentado com seus discípulos sobre a necessidade de passar por Samaria).
Pode ser que hoje você tenha levantado pela manhã e por alguma razão tenha se esquecido que há pouco tempo você pediu para Deus uma direção. Pode ser que ontem ao dormir mais uma vez você tenha orado ao Senhor pedindo que ele te fizesse sensível ao seu agir.
Então, porque interpretar tudo ao seu redor como encontros casuais?
Jesus disse à mulher samaritana; “Vem a hora e Já chegou...”
É melhor estar mais atento hoje e ver o que Deus tem colocado diante de ti.
Tenha uma boa semana!

Um comentário:

Anônimo disse...

a paz do Senhor´, Irmã Daphnne
Isto é real, e muito profundo.
Seu amigo de sempre,Pr. Anísio.