Pular para o conteúdo principal

Sapatos Novos

Quantas vezes você desejou com muito afinco adquirir um sapato novo?
Hummmmm... Entendo! Muitas vezes, não é?
Você passa dias trabalhando com o pensamento ligado a este desejo. Quando sai nas ruas da cidade olha para uma e outra vitrine procurando por este artigo.
Você caminha pelas lojas procurando lançar o olhar sobre algo que satisfaça seu desejo de consumo.
Vem o fim do mês, você que é assalariado recebe seu salário e a primeira coisa que faz é adquirir aquilo que seu coração deseja.
Finalmente seu olhar direcionado para as vitrines não ficarão a vácuo... Você aponta o dedo indicando um artigo do seu gosto, pede seu número, experimenta, olha através do espelho os seus pés calçados e finalmente está realizado! Leva nos braços a caixa contendo o sapado de seu gosto, paga por ele e sai da loja...
A primeira oportunidade aparece e você logo calça o sapato e se sente feliz, porém se esquece que calçado novo exige adaptação.
Nos primeiros passos, já longe de casa, percebe que seu calcanhar está sendo machucado, enquanto que as pessoas te elogiam reconhecendo o artigo de bom gosto que você adquiriu.
Chega um momento que o machucado causado pelo sapato te incomoda e coloca a prova sua escolha por aquele artigo.
Tenta mais uns passos, recebe mais alguns elogios e o incomodo no calcanhar persiste em colocar a prova sua escolha.
É preciso sentir que sua escolha foi certa para suportar o desafio de usar um sapato novo.
Nossas realizações nunca virão sem marcar nosso calcanhar.
Não existem desafios que não nos causam aflição.
Desafios provocam adaptações.
Você pode ter a certeza de que sua realização virá se você estiver disposto a enfrentar o incomodo dos desafios...
O sapato novo no pé satisfaz, porém não sem marcar o calcanhar!
Uma semana repleta de realizações e perseverança para enfrentar os desafios...

Comentários

André Rodrigues disse…
Olá. A Paz do Senhor!
Confesso que fiquei pensativo qd comecei a ler essa mensagem. Pensei: 'Onde ela quer chegar?'...
Mas tenho que confessar que "encaixou" direitinho à minha necessidade.
sabe, nos últimos dias tenho sonhado alto! Deus tem reavivado sonhos que pensei que eram tão distantes... Mas por outro lado, eles só seráo conquistados atravez de desafios. Talvez sejam distantes mesmo, quem os aproxima é Deus.
Sabendo disso ,nenhum 'calo no pé' irá me fazer desistir!!!
A Paz do Senhor.
enilda disse…
Muito interressante esse seu raciocinio, confesso que é assim mesmo que nos sentimos diante de certas situaçoes.Mas pensando bem , vale a pena alguns "CALOS NOS PÉS " diante daquilo que nos sadisfaz!!
Anônimo disse…
Exelentes palavras, realmente é assim que acontece. DEUS continue a te iluminar.

Te amo.

Jefferson
Anônimo disse…
Muito interessante e preciso a sua mensagem!
Falou muito comigo.Pois tenho buscado um sonho e este tem me causado algumas dores e aflições.Mas não vou desistir aliás todo sonho tem um preço,e nào vou desistir pois Deus está comigo.
Deus continue abençoando.Continue postando,suas mensagens tem falado muito comigo!
A Paz do Senhor.
Priscila-SP
Tia Débora disse…
Bom dia querida sobrinha... que Deus lhe abençoe.
Quem é que nunca sofreu com um par de sapatos novos???
Belo paralelo!!! Realmente não é somente desejá-los, economizar para compra-los e etc., depois ainda tem a questão do amaciar.
Creio que somos amaciados em nossas escolhas quando não desistimos delas.
Os calos encomodam, as bolhas doem, mas vencer é tão desejado...
que quero seguir em frente no nome de Jesus.
Um sapato novo com certeza vai doer, mas desistir dele dói muito mais.
Bjs, tia Débora

Postagens mais visitadas deste blog

O que aprendo com a gazela?

Convidada para pregar no culto de encerramento das atividades (2013) do grupo Dorcas (grupo de mulheres da AIDB-Uberlândia), me senti motivada a estudar a história desta personagem bíblica que inspirou o nome do grupo. Quem foi Dorcas? O que seu nome significa? Quais seus valores? Porque sua história motiva outras mulheres que trabalham na obra do Senhor?
O nome apresentado na história bíblica é Tabita e sua história é apresentada no contexto de sua morte. Estranho, não?
A narrativa se encontra no livro de Atos, cap.9 à partir do verso 36. E assim começa a descrição dos fatos: “E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto”.
Para um “leitor dinâmico” estes dois versos resume toda a história. A mulher existiu, era uma mulher de boas obras, ficou doente e morreu (ponto!). Porém estes dois versos mostram ape…

Encontre a resposta!

Palavras e imagens sempre foram objetos da minha curiosidade. Talvez esta seja a razão porque gosto de fazer palavras cruzadas, montar quebra-cabeça e resolver exercícios de lógica.  Recentemente me vi num entrave com um exercício de lógica. Quatro imagens propunham uma palavra com seis letras. A primeira imagem era de um ovo, a segunda de um bolo de aniversário, a terceira de um cachorro e a última de uma prateleira de sapatos. Fiquei por muito tempo tentando achar a lógica daquele exercício. O que tem em comum um ovo, um bolo, um cachorro e sapatos?  Tentei várias palavras e nada. Deixei o exercício de lado por algumas vezes na esperança de voltar com uma solução. ‘Quebrei a cabeça’ com aquele enigma. Estava procurando uma ligação das imagens até perceber que a lógica estava na cor e não nas imagens em si. Mudei o foco para a cor e facilmente preenchi os espaços com as letras. Interessante como fixamos os olhos no problema e deixamos de perceber a solução bem diante dos nossos olhos. Nã…

Falando sobre "Lagar"

O que Gideão fazia no lagar? Se sua resposta foi diferente de "malhando trigo" acho que não está familiarizado com a história deste homem, pois, era exatamente isso que ele estava fazendo. Mas... para que serve um lagar? Afinal de contas... onde é que se malha o trigo? Bem, não me incomodo se essas perguntas nunca lhe passaram pela cabeça. Porém, desde minha última postagem no blog tenho meditado sobre essa passagem bíblica. O lugar correto para se malhar trigo chama-se Eira que segundo o dicionário quer dizer: extensão de terreno limpo e batido, ou lajeado, onde se secam, malham, trilham e limpam cereais e legumes; Sabe porque Gideão preferiu malhar o trigo num lagar? Ele não estava disposto a perder o seu sustento para os Midianitas. Por algum tempo os midianitas consumiam todo o alimento produzido pelos israelitas. Não somente as suas plantações eram destruídas mas também o seu rebanho. Muito bem, vamos voltar ao lagar... Segundo o dicionário lagar é: tanque onde se espremem ou p…