domingo, 21 de outubro de 2007

Para não deixar dúvida

Sexta-feira enquanto postava minha ultima reflexão, também buscava ter uma palavra para compartilhar com você (leitor) e amigo.
Para minha alegria, espero que sua também, pude meditar numa história que me inspira. Trata-se de um homem comum que foi chamado para liderar um grupo a fim de tirar a sua nação do jugo imposto por uma nação inimiga. Gideão foi este homem.
Ele fez provas de todas as palavras que Deus lhe deu. Com paciência Deus respondeu a todas as provas. A palavra que lhe foi dada é que ele seria um vencedor e que a vitória não viria dele, nem de sua força, mas de Deus.
Gideão ainda tentou ir para a peleja com muitos homens, em vão!
Apenas com 300 guerreiros lhe foi permitido ficar a fim de que soubessem que a vitória viria do Senhor de Israel. Antes de descer ao arraial para a batalha o Senhor ainda disse a Gideão que havia entregado os inimigos em suas mãos, mas que se ainda tivesse dúvidas então que descesse ao arraial e lá ele ouviria palavras que o fortaleceria para ir à peleja.
Bom, ele não resistiu e foi ao arraial. Ouviu. Finalmente esta foi à última prova que ele precisou para confiar que a vitória estava garantida e assim foi. Com 300 guerreiros Israel conquistou uma grande vitória sem muito esforço. Deus não deixou dúvidas que estava com Gideão.
Esta história bíblica tem me inspirado desde sexta-feira á noite.
Estou no quarto ano do meu curso de Decoração na Universidade Federal de Uberlândia... Enfrentei 4 vestibulares para chegar onde estou. Por fim no último vestibular eu fiz como Gideão, queria me ver livre de toda a dúvida e clamei a Deus. Simplesmente estava cansada de estudar e me esforçar para uma prova tão difícil que é esta de passar em um vestibular pela federal, pois todo esforço que tinha feito não me garantiram uma vaga. Então minha oração foi: Deus eu quero saber se é de teu agrado que eu faça este curso. Não vou estudar porque tudo o que eu devia estudar eu já estudei e não deu certo até aqui. Se for tua vontade eu vou passar... Fiz a prova cantando (literalmente) uma música que ficará na minha memória (milagres são reais quando se crê... deve haver fé não desistir... milagres são reais, você vai ver...) Nunca tive uma tranqüilidade como aquela em uma prova. O resultado veio. Não consegui classificação suficiente! Passado 24 dias + ou – o telefone toca em minha casa... Contra toda a esperança estava do outro lado da linha um chamado para que eu me matriculasse... Uma desistência havia me garantido a minha vaga!
Aqui estou olhando para janeiro... Quando finalmente chego à conclusão do meu curso. Um sonho realizado para não deixar dúvida!

Nenhum comentário: